Diferenças entre edições de "Muammar al-Gaddafi"

792 bytes removidos ,  04h29min de 25 de fevereiro de 2011
Quando Kadafi tinha dez anos, Nasser não era presidente. Demais datas também estão erradas.
(Quando Kadafi tinha dez anos, Nasser não era presidente. Demais datas também estão erradas.)
Gaddafi nasceu numa tradicional família líbia. Teve contato com [[beduínos]] comerciantes que viajavam pela região de Surt, com quem adquiriu e formou suas precoces posições políticas.
 
Ainda criança, Gaddafi foi enviado à uma rígida escola, onde passou anos longe de seus pais. Lá destacou-se em [[matemática]], [[literatura]] e [[geografia]], mesmo apesar do ensino ser muito avançado.
 
Depois de terminar a primeira etapa de seus estudos, Gaddafi, aos 17 anos, entrou para a carreira militar como parte do plano para o golpe. No primeiro ano do curso superior formou um clube de opositores ao governo de Idris I, que cada vez mais vinha autorizando a entrada de americanos na Líbia, decisões que Gaddafi abominava.
Após os 10 anos de idade, Gaddafi passou a apresentar um grande interesse sobre assuntos políticos da África do norte, comentando com seus colegas de escola sua admiração pela personalidade e pelo governo do presidente egípcio [[Gamal Abdel Nasser]] - que, na época, adotava inúmeras medidas [[anti-americanas]] e [[anti-sionistas]] no [[Egito]] devido aos conflitos entre [[israelenses]] e [[palestinos]], que estavam sendo iniciados na época. Com apenas 12 anos de idade, escrevia planos de como derrubar o governo do então rei [[Idris I]] e instalar no país uma econômia [[socialista]].
 
Depois de terminar a primeira etapa de seus estudos, Gaddafi, aos 17 anos, entrou para a carreira militar como parte do plano para o golpe. No primeiro ano do curso superior formou um clube de opositores ao governo de Idris I, que cada vez mais vinha autorizando a entrada de americanos na Líbia, decisões que Gaddafi abominava.
 
=== Tomada de poder ===
[[Ficheiro:IdrisI2.jpg|thumb|200px|Idris I da Líbia, deposto por Gaddafi]]
Gaddafi teve sucesso com seu clube, conseguindo muitos membros e apoiadores de altos cargos da polícia líbia. No ano de 1969 o governo de [[Idris I]] passava por uma crise de impopularidade, pois grandes quantidades de petróleo Líbio estavam sendo utilizadas pelos Estados Unidos, que não arcavam com nenhuma quantia. Foi o momento perfeito para Gaddafi agir. Coronéis do exército líbio invadiram Trípoli e obrigaram Idris a renunciar, colocando Gaddafi como presidente
 
=== Medidas como presidente ===
8 321

edições