Diferenças entre edições de "Bomba vulcânica"

28 bytes removidos ,  10h33min de 10 de março de 2011
bot: revertidas edições de 189.73.128.210 ( erro : -25), para a edição 24099415 de ChuispastonBot
(bot: revertidas edições de 189.73.128.210 ( erro : -25), para a edição 24099415 de ChuispastonBot)
[[Imagem:VolcanicBombMojaveDesert.JPG|thumb|Uma bomba vulcânica fusiforme.]]
 
Uma '''bomba vulcânica''' é um tipo de [[piroclasto]] de [[diâmetro]] superior a 65 mm, formado quando um [[vulcão]] expele fragmentos [[viscosidade|viscosos]] de [[lava]] durante uma [[erupção]]. Estes fragmentos arrefecem até [[solidificar]] antes do embate com o [[solo]]. As bombas vulcânicas podem ser lançadas a vários quilómetros de distância do local de erupção, adquirindo frequentemente formas [[aerodinâmica]]s durante o [[voo]]. Podem ser de grandes dimensões: a erupção de [[Asama]], no [[Japão]], em [[1935]], expeliu bombas medindo cinco a seis metros de diâmetro a distâncias até 600 m da [[chaminé vulcânica]].
 
As bombas vulcânicas são um dos perigos significativos associados ao [[Vulcanologia|vulcanismo]], podendo causar ferimentos graves e até a morte a pessoas que se encontrem na zona de erupção. Um incidente deste tipo ocorreu na inesperada erupção do vulcão [[Galeras]] na [[Colômbia]] em [[1993]]: seis pessoas que se encontravam no cume morreram e várias ficaram feridas com gravidade por bombas vulcânicas.
[[ru:Вулканическая бомба]]
[[uk:Вулканічна бомба]]
'''Texto a negrito'''