Abrir menu principal

Alterações

505 bytes adicionados, 10h34min de 4 de abril de 2011
sem resumo de edição
[[Ficheiro:Yangon View South.jpg|thumb|right|250px|Centro de Yangon.]]
 
'''Yangon''' ou '''Rangum''' é a maior [[cidade]] de [[Mianmar]] (ou [[Birmânia]]). Hoje com cerca de 4,5 milhões de [[habitante]]s, foi fundada provavelmente no [[século VI]], tornando-a partir dum pagode que se tornou o centro de peregrinação o mais importante da Birmânia : o [[Pagode Shwedagon]] (ouro de Dagon, antigo nome de Rangum). No princípio do [[século XVII]] aínda é apenas uma aldeia perto do Pagode (que hoje se encontra a 2 kilómetros do centro da cidade), a cidade principal estando em frente, do outro lado do rio : [[Sirião]]. Portanto, a partir da tomada de Sirião aos portugueses de [[Filipe de Brito e Nicote|Filipe de Brito]], em [[1613]], Rangum cresce, até se tornar capital do país em [[1753]]. Em [[2005]], a junta militar que governa o país transferiu a capital para [[Naypyidaw]]. Foi ocupada pelos britânicos entre [[1824]] e [[1826]] e entre [[1852]] e [[1948]]. Seu nome é formado por duas palavras: ''yan'', que significa ''inimigos'', e ''koun'', que significa ''livrar-se de'',''fugir de'' - "cidade sem inimigos".
 
Em [[1989]], a junta militar de Mianmar anunciou que o nome da cidade passaria a ser Yangon. Como parte da comunidade internacional não reconhece a legitimidade do atual governo de Mianmar, alguns países ainda empregam a forma Rangum (ou uma variante vernácula: ''Rangoon'', ''Rangoun'' ou outra) para referir-se à cidade.
3 602

edições