Diferenças entre edições de "Abel Gance"

22 bytes removidos ,  15h40min de 1 de julho de 2006
m
sem resumo de edição
m (Bot: Adicionando: he:אבל גאנס)
m
Gance era filho ilegítimo. Seus pais queriam que ele se tornasse um [[advogado]], mas desde a infância Gance foi atraído pelo [[teatro]]. Ele fez sua primeira apresentação como ator em [[Bruxelas]] com a idade de 19 anos e atuou em seu primeiro filme em [[1909]] em ''Molière''.
 
Ele continuou atuando e escrevendo [[Roteiro (audiovisual)|roteiro]]s antes de formar a sua própria companhia de produção em [[1911]]. No mesmo ano, ele fez seu primeiro filme, ''La Digue'', mas foi um fracasso. Sua nova produção, ''Victoire de Samothrace'', no qual ele apareceria ao lado de [[Sarah Bernhardt]], foi cancelado com a eclosão da [[Primeira Guerra Mundial]].
 
Devido a sua frágil saúde, Gance conseguiu não participar da maior parte da guerra e ele retornou a fazer filmes, agora com mais sucesso. Em 1919, ele obteve o reconhecimento internacional com seu filme épico de três horas ''J’Accuse'', um filme contra a guerra que incluiu cenas de batalhas ao longo do fim da Primeira Guerra. O filme usou técnicas experimentais que Gance desenvolveria mais tarde em seu filme maior, ''[[Napoleão (filme)|Napoléon]]'' ([[1927]]). O sucesso desse filme foi prejudicado pela duração de seis horas e por necessitar de equipamentos de projeção de filmes especiais para mostrá-lo, particularmente na sua parte final onde a tela triplica em tamanho para mostrar um panorama chocante de um campo de batalha.
74 958

edições