Abrir menu principal

Alterações

8 bytes adicionados ,  15h32min de 16 de abril de 2011
sem resumo de edição
}}
 
'''Kandahar''', também '''Candaar''' ou '''Candar''' (em [[Língua pachto|pachto]] e [[Língua persa|persa]]: کندهار ou قندهار, [[Transliteração|transl.]] ''Qandahār'') é a terceira maior [[cidade]] do [[Afeganistão]], com uma população de 324.800 (estimativas de 2006). É a capital da [[Províncias do Afeganistão|província]] de [[Kandahar (província)|Kandahar]], localizada no sul do país, a cerca de 1.005 [[metro]]s acima do [[nível do mar]]. O [[rio Arghandab]] corre ao lado da cidade. Foi fundada em [[330 a.C.]] por [[Alexandre, o Grande]], perto do local da antiga cidade de [[Mundigak]] (estabelecida em torno de 3000 aC). Anteriormente, a cidade era a capital da província de [[Arachosia]] e foi governada pelo império [[Aquemênida]]. Os principais habitantes do Arachosia foram os [[Pakthas|Pactyans]], uma antiga tribo iraniana, que podem estar entre os antepassados ​​da etnia [[pashtun]].
 
Kandahar é um grande centro [[Comércio|comercial]] de [[ovinos]], [[lã]], [[algodão]], [[seda]], [[feltro]], [[grão]]s, [[fruta]]s frescas e [[Fruta seca|secas]], e [[tabaco]]. A região produz diversos produtos [[agricultura]]is, como [[romã]]s e [[uva]]s, e a cidade possui fábricas que as enlatam, secam e embalam. A cidade tem um [[aeroporto]] internacional, e ligações [[Estrada|rodoviárias]] com [[Farah]] e [[Herat]], a oeste, [[Ghazni]] e [[Cabul]] a nordeste, [[Tarin Kowt]] a norte e [[Queta]], no [[Paquistão]], ao sul.
331

edições