Abrir menu principal

Alterações

1 byte adicionado ,  22h48min de 25 de abril de 2011
Vishnevskaya nasceu em [[Saint Petersburg|Leningrado]]. Fez sua estréia profissional em 1944 cantando operetas. Após um ano estudando com Vera Nikolayevna Garina, ganhou um concurso organizado pelo [[Teatro Bolshoi]], em [[Moscovo]] (com música de [[Sergei Rachmaninoff|Rachmaninoff]] ''O, Do Not Grieve'' e a ária de [[Giuseppe Verdi|Verdi]], ''O patria mia'' de ''[[Aida]]''), em 1952. No ano seguinte, tornou-se membro do Teatro Bolshoi.
Em [[9 de maio]] de [[1960]], fez a sua primeira aparição em [[Sarajevo]], no Teatro Nacional, com a ''Aida''. Em 1961, fez a sua estréia no [[Metropolitan Opera]] como Aida, no ano seguinte fez sua estréia no [[Royal Opera House]], com o mesmo papel. Para sua estréia no [[La Scala]] em 1964, cantou ''Liu'' em [[Turandot]] de [[Giacomo Puccini|Puccini]], contracenando com [[Birgit Nilsson]] e [[Franco Corelli]].
Além dos papéis do repertório operístico russo, Vishnevskaya canta também papéis como [[La traviata|Violetta]], [[Tosca]], [[Madama Butterfly|Cio-cio-san]], [[Fidelio|Leonore]], ande [[TheAs MarriageBodas ofde FigaroFígaro|Cherubino]].
 
[[Benjamin Britten]] escreveu o papel de soprano na sua [[War Requiem]] (concluído em 1962) especialmente para si.
 
Vishnevskaya foi casada com o [[cello|violoncelista]] [[Mstislav Rostropovich]] de 1955 até sua morte em 2007; eles tocaram juntos regularmente (com [[piano]] ou como [[maestro]]). Tanto ela como Rostropovich eram amigos de [[Dmitri Shostakovich]], e fizeram uma gravação eletrizante de sua ópera ''[[Lady Macbeth do Distrito de Mtsensk (ópera)|Lady Macbeth de Mtsensk]]'' para a [[EMI]]. De acordo com [[Robert Conquest]], [[Aleksandr Solzhenitsyn]] esteve na sua [[dacha]] em 1968 aoquando escrevia escrever''[[Arquipélago Gulag]]''.<ref name="conqsolz">[http://online.wsj.com/article/SB121815367233222513.html Robert Conquest, Solzhenitsyn Was a Russian Patriot], [[Wall Street Journal]] (8 de agosto, 2008</ref>
 
Em 1974, o casal pediu ao governo, para deixar a [[União Soviética]]. Finalmente eles se estabeleceram nos [[Estados Unidos]] e [[Paris]]. Em 1982, despediu-se do palco da Ópera, em Paris, como Tatyana em ''[[Eugene Onegin (opera)|Eugene Onegin]]'', de [[Pyotr Ilyich Tchaikovsky|Tchaikovsky]]. Em 1987, ela interpretou na ópera de [[Nikolai Rimsky-Korsakov|Rimsky-Korsakov]] ''[[A noiva do Csar]]'' em [[Washington, D.C.]]. Em 1984, publicou um livro de memórias: ''Galina: A Russian Story'' (ISBN 0-15-134250-4), e em 2002, ela abriu seu próprio teatro de ópera em [[Moscovo]], o "Galina Vishnevskaya Centro de Opera".
11 527

edições