Império Aiúbida: diferenças entre revisões

Sem alteração do tamanho ,  27 de abril de 2011
sem resumo de edição
m (r2.7.1) (Bot: Adicionando: eo:Ajubidoj)
A morte do ultimo lider desta dinastia representa, como na altura e após a morte de [[Saladino]], as várias tribos do [[Médio Oriente]], se começaram a dividir, criando assim um clima propicio para que os [[mongóis]], pudessem avançar em direcção ao [[Egipto]], pois enquanto os aiúbidas discutiam entre si, a [[Siria]] foi-se dividindo em outras pequenas dinastias situadas nas cidades de [[Alepo]], [[Hamah]], [[Homs]] e [[Damasco]].
 
Só quando os [[mamelucos]] se decidiram impor para se defenderem da invasão [[Império Mongol|mongol]] e para expulsarem os [[Cristianismo|cristãos]] da terraTerra Santa, é que houve uma certa noção de unidade muçulmana, embora isso fosse na altura mais uma aparencia imposta à força do que algo aceite de pura liberdade.
 
A responsabilidade desta decisão coube a [[Aibek]], um comandante mameluco, que não apoiava os ideais dos lideres desta dinastia e por isso decidiu em conjunto com outros comandantes, ordenar um [[golpe de Estado]], que pôs no poder o sultão [[Qutuz]], por achar que os [[mamelucos]] eram os verdadeiros lutadores do império, pois eram eles que davam a vida em combate.
1 211

edições