Programação concorrente: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
'''Programação concorrente''' é um [[paradigma de programação]] para a construção de [[programas de computador]] que fazem uso da execução concorrente (simultânea) de várias tarefas computacionais interativas, que podem ser implementadas como programas separados ou como um conjunto de ''[[thread (ciência da computação)|threads]]'' criadas por um único programa. Essas tarefas podem ser executadas por um único [[processador]], [[Multicore|vários processadores em um único equipamento]] ou [[computação distribuída|processadores distribuídos por uma rede]]. Programação concorrente é relacionada com [[programação paralela]], mas foca mais na interação entre as tarefas. A interação e a comunicação correta entre as diferentes tarefas, além da coordenação do acesso concorrente aos recursorecursos computacionais são as principais questões discutidas durante o desenvolvimento de sistemas concorrentes. Pioneiros na área de pesquisa incluem [[Edsger Dijkstra]], [[Per Brinch Hansen]], e [[C.A.R. Hoare]].
 
Vantagens do paradigma incluem o aumento de desempenho, pois aumenta-se a quantidade de tarefas sendo executadas em determinado período de tempo, e a possibilidade de uma melhor modelagem de programas, pois determinados problemas computacionais são concorrentes por natureza.
87

edições