Abrir menu principal

Alterações

9 bytes adicionados ,  18h51min de 10 de maio de 2011
m
sem resumo de edição
* Quando faleceu tinha no prelo um livro de versos intitulado ''Ao Fim da Estrada''
 
Algumas das suas obras foram traduzidas em espanhol e francês, e mesmo em [[marata]]. Escreveu os versos do hino ''A Espada de Mouzinho'', marcha patriótica com música de Arnaldo Martins de Brito, publicado no ''Livro do Centenário de Mouzinho de Albuquerque'', em 1955. Uma das suas últimas prodiçõesproduções poéticas foi a ''Marcha Heróis da Índia'', com música de Arnaldo Martins de Brito, e oferecida ao Governador-Geral do Estado da Índia Portuguesa, General [[Paulo BernardBénard Guedes|BenardBénard Guedes]], sendo o produto da venda destinado aos soldados em missão naquela histórica parcela do território nacional. Aquando do primeiro centenário do nascimento da Rainha Senhora Dona Amélia de Orleans e Bragança, o jornal ''O Debate'', a 25 de Setembro de 1965, evocou a vida da excelsa Soberana através do poema ''Rainha e Mártir'', da autoria de Mécia Mouzinho de Albuquerque.
 
==Fontes==