Diferenças entre edições de "Rio Zêzere"

130 bytes adicionados ,  13h37min de 26 de maio de 2011
m
capítulo afluentes
m (foto vale glaciar)
m (capítulo afluentes)
 
[[Ficheiro:MoreiaZezere.JPG|thumb|left|200px|Troço superior do rio Zêzere, ocupando vale de origem glaciar na serra da Estrela]]
O '''Rio Zêzere''' é um rio inteiramente português. Nasce na [[Serraserra da Estrela]], a cerca de 1900 m de altitude, junto ao [[Cântaro Magro]], onde define um [[vale glaciar]]. SeguindoAinda na zona da serra da Estrela, passa por [[Manteigas]] e próximo da cidade da [[Covilhã]], seguindo depois para sudoeste, confluiconfluindo com o rio [[Rio Tejo|Tejo]] a oeste de [[Constância]], após um curso de cerca de 200 quilómetros.
 
DaO rio Zêzere é o segundo maior rio exclusivamente português, após o [[rio Mondego]]. A sua [[bacia hidrográfica]] comtem 5043 km², (dos quais 1056 km² pertencem ao [[rio Nabão]]). Os grandes desníveis, aliados ao volume de [[água]] (por vezes superior a 10.000 m³/s.), representam uma notável riqueza [[hidroeléctrica]], aproveitada em três [[barragem|barragens]] ([[barragem da Bouçã|Bouçã]], [[barragem do Cabril|Cabril]] e [[Barragem de Castelo de Bode|Castelo de Bode]]), que produzem anualmente 700 milhões de kW/hora.
O rio Zêzere é o segundo maior rio exclusivamente português, após o [[rio Mondego]].
[[Ficheiro:Barragem Castelo Bode.JPG|thumb|left|200px|[[Barragem de Castelo de Bode]] no Rio Zêzere, vendo-se o descarregador de cheias de dupla [[comporta]]]]
== Afluentes ==
Os seus principais afluentes na margem direita são: o [[rio Alge]], o [[rio Cabril]], a [[ribeira de Unhais]], o [[rio Nabão]], a [[ribera de Paul]] e a [[ribeira de Pêra]]. Na margem esquerda encontramos a [[ribeira de Bogas]], a [[ribeira de Rio Caria]], a ribeira da Malhadancha, a [[ribeira da Isna]], a [[ribeira de Meimoa]], a [[ribeira da Sertã]] e a [[ribeira de Teixeira]].
Da sua [[bacia hidrográfica]] com 5043 km², 1056 km² pertencem ao [[rio Nabão]]. Os grandes desníveis, aliados ao volume de [[água]] (por vezes superior a 10.000 m³/s.), representam uma notável riqueza [[hidroeléctrica]], aproveitada em três [[barragem|barragens]] ([[barragem da Bouçã|Bouçã]], [[barragem do Cabril|Cabril]] e [[Barragem de Castelo de Bode|Castelo de Bode]]), que produzem anualmente 700 milhões de kW/hora.
 
[[Ficheiro:Barragem Castelo Bode.JPG|thumb|left|200px|[[Barragem de Castelo de Bode]] no Rio Zêzere, vendo-se o descarregador de cheias de dupla [[comporta]]]]
 
{{Commons|Zêzere}}
11 587

edições