Abrir menu principal

Alterações

61 bytes adicionados, 20h21min de 14 de junho de 2011
sem resumo de edição
|nascimento = {{dni|6|12|1920}}
|falecimento = <!-- Data de falecimento -->
|apelido = <!--Dave Alcunha ou apelido do artista -->Brubeck
|atividade = <!-- Período de atividade -->
|outras ocupações = [[Pianista]] <br> [[Compositor]] <br> Bandleader
 
== Biografia ==
Vindo de uma família musical, Dave Brubeck começou a aprender piano aos 4 anos de idade com sua mãe e violoncelo aos 9. Ele haviatinha um geniogênio muito forte.
 
Brubeck não era muito interessado em aprender por métodos, simplesmente queria compor suas próprias melodias e por isso nunca aprendeu a ler partituras. Ele evitava aprender a ler durante as aulas de piano de sua mãe, alegando dificuldade de visão. Na faculdade, Brubeck foi por quase pouco quase expulso do curso, quando um de seus professores descobriu que ele não sabia ler partituras. Muitos outros professores o defenderam apontando seu talento em contraponto e harmonia, mas a escola continuou com medo de que isso pudesse causar um escândalo, e só concordou em lhe dar o diploma se ele concordasse em nunca dar aulas de piano.
 
Após se formar em 1942 na ''University of the Pacific'' em Stockton, [[Califórnia]], ele ingressou no exército e serviu na tropa de [[George Patton]] durante a [[Batalha do Bulge]] em Ardennes, lá ele conhece [[Paul Desmond]].
 
Estudou com o compositor francês [[Darius Milhaud]] e criou seu quarteto em 1951. Após o estudo com Milhaud, iniciou um octeto com a participação de [[Cal Tjader]] e [[Paul Desmond]]. Após uma primeira decepção, fundou um trio com dois dos antigos membros (sem Desmond). Finalmente fundou o [[The Dave Brubeck Quartet]], com [[Joe Dodge]], [[Bob Bates]], e [[Paul Desmond]].
 
A gravação de ''[[Take Five]]'', uma composição de [[Paul Desmond|Desmond]], em [[1959]], transformou o quarteto num campeão de vendagens da época. O álbum continha somente composições inéditas, sendo que quase todas tinham uma métrica impar, entre elas estavam os clássicos ''Take Five'' e ''[[Blue Rondo à la Turk]]''. A propósito, entre Brubeck e Desmond viria a se desenvolver, com o passar dos anos, um entrosamento quase telepático.
 
No meio dos [[Década de 1950|anos 50]] Bates e Dodge foram substituídos por [[Eugene Wright]] e [[Joe Morello]]. O quarteto desfez-se em [[1967]] e Brubeck continuou a tocar com Desmond e fez gravações com [[Gerry Mulligan]]. Brubeck tinha admiração por [[Duke Ellington]] e pela [[música clássica|música erudita]].
 
Seu quarteto atual inclui o saxofonista e flautista [[Bobby Militello]], o baixista [[Michael Moore (baixista)|Michael Moore]] (que substituiu [[Alec Dankworth]]), e o seu baterista de longa data [[Randy Jones (baterista)|Randy Jones]] e trabalhou recentemente com a [[London Symphony Orchestra]].
 
[[Imagem:Dave Brubeck 1954.jpg|thumb|right|250px|Em 1954]]
*2005: ''London Flat, London Sharp'' (Telarc)
 
=={{Ligações externas}}==
*[http://www.wnyc.org/music/articles/32460 WNYC Interview with Brubeck]. (7/2004)
*[http://www.pbs.org/brubeck/ PBS - Rediscovering Dave Brubeck] December 16, 2001 Documentário
11 113

edições