Igreja de São Paulo: diferenças entre revisões