Operação Infinite Reach: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
m (Correção na infobox)
|legenda =
|data = [[20 de agosto]] de [[1998]]
|local = [[Afeganistão]] -e [[Sudão]]
|coordenadas =
|status =
|combatente1 = {{flagcountry|United States}}
|combatente2 = [[Image:Flag of Jihad.svg|22px]] [[Al-Qaeda]]<br>[[Image:Harakat flag.png|22px]] [[Harkat-ul-Mujahideen]]<br>[[Image:Flag of Sudan.svg|22px]] [[Frente Islâmica Nacional]]
|comandante1 = [[Image:Flag of United States.svg|22px]] [[Anthony Zinni]]
|comandante2 = [[Image:Flag of Jihad.svg|22px]] [[Osama Bin Laden]]
|força1 = Cerca de 10 navios e 5 submarinos
|força2 = Sem relatos
|vítimas1 = Não houve
|vítimas2 = [[Image:Flag of Jihad.svg|22px]] 6 mortos<br> [[Image:Flag of Sudan.svg|22px]] 1 morto
|vítimas2 =
}}
 
Os '''bombardeios do Afeganistão e Sudão de agosto de 1998''' (codinome de '''Operação Infinite Reach''' pelos [[Estados Unidos]]) foram ataques de mísseis de um cruzador da [[Marinha dos Estados Unidos]], em [[20 de agosto]] de [[1998]], sobre as bases terroristas e campos de treinamento da [[Al-Qaeda]] no [[Afeganistão]] e a uma fábrica farmacêutica no [[Sudão]], na sequência de suspeitas de que a fábrica de al-Shifa estava produzindo [[armas químicas]] e era controlada pelo [[terrorista]] [[árabe]] [[Osama bin Laden]]. O ataque foi em retaliação pelos [[atentadosAtentados terroristas asàs embaixadas dos Estados Unidos na África|atentados às embaixadas americanas]] no [[Quênia]] e na [[Tanzânia]] que mataram 224 pessoas (incluindo 12 americanos) e feriram 5.000.
 
 
[[Categoria:Guerras envolvendo o Afeganistão]]
1 674

edições