Quiriris: diferenças entre revisões

1 033 bytes adicionados ,  7 de agosto de 2011
sem resumo de edição
{{Ver desambig|prefixo=Se procura|pela língua da família lingüística cariri, falada no passado pelos quiriris|Língua quiriri}}
Os '''quiririsKiriris''' ou '''KiririsQuiriris''' povo [[indígena]] [[brasil]]eiro, que habita o Nordeste do [[Estados do Brasil|estado brasileiro]] da [[Bahia]], nos limites dos municípios de [[Ribeira do Pombal]], [[Quijingue]] e [[Banzaê]] ([[Terra Indígena Kiriri]]) e à margem esquerda do médio [[rio São Francisco]], nos limites de [[Muquém de São Francisco]] ([[Área Indígena Barra]]).
 
==Localização==
A Terra Indígena Kiriri localiza-se no norte do estado da Bahia, nos municípios de Banzaê (95%) e Quijingue (5%), em uma região de clima semi-árido, faixa de transição entre o agreste e a caatinga ("boca de caatinga"). O relevo da área é irregular, com ocorrência de morros tabulares e encostas entremeados por extensas planícies. Os cursos d´água são intermitentes em vista da baixa incidência pluviométrica anual. Observa-se uma acentuada devastação nativa, um processo acelerado de erosão provocado por mais de três séculos de exploração econômica. Mirandela, centro da Terra Indígena, situa-se a 24 Km a noroeste da cidade de Ribeira do Pombal, mais importante centro econômico da região.
 
Os núcleos tradicionais de ocupação kiriri - Sacão, Baixa da Cangalha, Cantagalo, Lagoa Grande, Cacimba Seca - foram substituídos pelos povoados antes ocupados por regionais: Mirandela, Gado Velhaco, Marcação, Araçá, Pau Ferro, Segredo, Baixa do Camamu, Baixa da Cangalha ("Biombo").
 
==Ver também==
Utilizador anónimo