Abrir menu principal

Alterações

1 122 bytes adicionados, 21h05min de 5 de setembro de 2011
m
+troca PMDB->PSB (c/ref.) +ajuste algumas ref. -predef. Ministros atuais +portal +outros pequenos ajustes
|imagem = Jose_Gomes_Temporão_2008.JPG
|imagem_tamanho = 250px
|imagem_legenda = Ministro José Gomes Temporão. Fonte:Agência Brasil
|título = [[MinistérioAnexo:Lista de ministros da Saúde (do Brasil)|Ministro da Saúde]] do {{BRA}}
|mandato = [[16 de março]] de [[2007]]<br />até [[31 de dezembro]] de [[2010]]
|antes = [[Agenor Álvares]]
|depois = [[Alexandre Padilha]]
|data_nascimento = {{dni|20|10|1951|lang=br}}
|local_nascimento= [[Merufe]], [[Monção (Portugal)|Monção]], [[Portugal]]
|conjuge-tipo = Esposa
|projecto = Brasil
}}
'''José Gomes Temporão''' ([[Merufe]], [[Monção (Portugal)|Monção]], [[20 de outubro]] de [[1951]]) é um [[Médico|médico sanitarista]] e político [[luso-brasileiro]] filiado. aoFoi [[PartidoAnexo:Lista de ministros da Saúde do MovimentoBrasil|ministro Democráticoda BrasileiroSaúde]] (PMDB).durante Foiboa ministroparte do [[Ministériosegundo damandato Saúdedo (Brasil)|Saúde[[governo Lula]], empossado em março de [[2007]] e sucedido em 01[[1 de janeiro]] de 2011, permanecendo durante boa parte do segundo mandato do [[governo Lula2011]].
 
== Biografia ==
'''José Gomes Temporão''' ([[Merufe]], [[Monção (Portugal)|Monção]], [[20 de outubro]] de [[1951]]) é um médico sanitarista e político [[luso-brasileiro]] filiado ao [[Partido do Movimento Democrático Brasileiro]] (PMDB). Foi ministro do [[Ministério da Saúde (Brasil)|Saúde]], empossado em março de [[2007]] e sucedido em 01 de janeiro de 2011, permanecendo durante boa parte do segundo mandato do [[governo Lula]].
José Gomes Temporão nasceu na freguesia de [[Merufe]], na vila de [[Monção (Portugal)|Monção]], no [[Região Norte (Portugal)|norte]] de [[Portugal]], em [[20 de outubro]] de [[1951]]. Seus pais, Sara Gomes e José Temporão, emigraram para o [[Brasil]] quando ele tinha apenas um ano de idade, e fixaram-se no [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]].<ref name="diario">{{Citar web|url=http://dn.sapo.pt/2007/03/16/internacional/ministro_nascido_moncao_e_aposta_lul.html|título=Ministro nascido em Monção é aposta de Lula para a Saúde|último=Motta|primeiro=Sérgio Barreto|data=16 de março de 2007|publicado=[[Diário de Notícias (Portugal)|Diário de Notícias]]|língua2=pt|acessodata=5 de setembro}}</ref>
 
Temporão se formou na [[Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro|Faculdade de Medicina]] da [[Universidade Federal do Rio de Janeiro]] (UFRJ) em [[1977]]. Especializou-se em Doenças Tropicais na mesma Universidade. Fez mestrado em Saúde Pública na Escola Nacional de Saúde Pública da [[Fundação Oswaldo Cruz]] e doutorado em Medicina Social no Instituto de Medicina Social da [[Universidade do Estado do Rio de Janeiro]] (UERJ).<ref name="diario" />
==Biografia==
 
José Gomes Temporão nasceu na freguesia de [[Merufe]], na vila de [[Monção (Portugal)|Monção]], no [[Região Norte (Portugal)|norte]] de [[Portugal]], no dia [[20 de outubro]] de [[1951]]. Seus pais, Sara Gomes e José Temporão, emigraram para o [[Brasil]] quando ele tinha apenas um ano de idade, e fixaram-se no [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]].<ref name=diario>{{cite web|url=http://dn.sapo.pt/2007/03/16/internacional/ministro_nascido_moncao_e_aposta_lul.html|title="Ministro nascido em Monção é aposta de Lula para a Saúde"|accessdate =2008-07-30|last=Motta|first=Sérgio Barreto|date=2007-03-16|publisher=[[Diário de Notícias (Portugal)|Diário de Notícias]]}}</ref> Temporão se formou na [[Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro|Faculdade de Medicina]] da [[Universidade Federal do Rio de Janeiro]] em [[1977]]. Especializou-se em Doenças Tropicais na mesma Universidade. Fez mestrado em Saúde Pública na Escola Nacional de Saúde Pública da [[Fundação Oswaldo Cruz]] e doutorado em Medicina Social no Instituto de Medicina Social da [[Universidade do Estado do Rio de Janeiro]]. Seu pai é dono do Mosteiro, um dos mais conceituados restaurantes do centro do Rio de Janeiro. Em seu currículo, antes de assumir a pasta de Ministro de Estado da Saúde, constam cargos como Secretário de Planejamento do INAMPS, Presidente do INCA (Instituto Nacional do Câncer), Presidente do IVB (Instituto Vital Brazil), Sub-secretário Estadual de Saúde RJ e Sub-secretário Municipal de Saúde RJ.<ref name="diario"/>
Seu pai é dono do Mosteiro, um dos mais conceituados restaurantes do [[Centro (bairro do Rio de Janeiro)|centro do Rio de Janeiro]]. Em seu currículo, antes de assumir a pasta de ministro de Estado da Saúde, constam cargos como secretário de Planejamento do INAMPS, presidente do [[Instituto Nacional do Câncer]] (INCA), presidente do [[Instituto Vital Brazil]] (IVB), sub-secretário Estadual de Saúde do Rio de Janeiro e sub-secretário municipal de Saúde do Rio de Janeiro.<ref name="diario" />
 
== Políticas do Ministério ==
=== Aborto ===
Durante sua gestão no Ministérioministério da Saúde, Temporão defendeu a posição de que o aborto é uma questão de saúde pública, e que quem deve discutir a descriminalização são as mulheres, e não os homens, o que causou indignação de setores mais conservadores da sociedade brasileira, como a [[Conferência Nacional dos Bispos do Brasil]], e de sua própria mãe, descrita por ele como sendo uma católica muito devota.<ref>Autran,{{Citar Paula (2007-05-11). [web|url=http://oglobo.globo.com/sp/papa/mat/2007/05/11/295717407.asp "|título=Pedido para evitar polêmica do aborto veio da mãe e não de Lula, diz Temporão"].|último=Autran|primeiro=Paula|data=11 ''de maio de 2007|publicado=[[O Globo]]''.|acessodata=30 Páginade visitadajulho emde 2008-07-30.}}</ref>
 
==Políticas do Ministério==
===Aborto===
Durante sua gestão no Ministério da Saúde, Temporão defendeu a posição de que o aborto é uma questão de saúde pública, e que quem deve discutir a descriminalização são as mulheres, e não os homens, o que causou indignação de setores mais conservadores da sociedade brasileira, como a [[Conferência Nacional dos Bispos do Brasil]], e de sua própria mãe, descrita por ele como sendo uma católica muito devota.<ref>Autran, Paula (2007-05-11). [http://oglobo.globo.com/sp/papa/mat/2007/05/11/295717407.asp "Pedido para evitar polêmica do aborto veio da mãe e não de Lula, diz Temporão"]. ''[[O Globo]]''. Página visitada em 2008-07-30.</ref>
Temporão argumentou que todos os países desenvolvidos do planeta já legalizaram total ou parcialmente o procedimento que interrompe a gestação, e sofreu forte retaliação dos setores conservadores do Congresso Nacional, que sustentam a idéia de que as mulheres que praticam o aborto são criminosas e precisam ser presas.
 
=== Comunidade LGBT ===
Durante a gestão de Temporão, ocorreram alguns avanços significativos no tratamento dado à comunidade [[LGBT]] pelo Ministério da Saúde.
 
Temporão lançou uma campanha de conscientização do risco de contágio do vírus [[Vírus da imunodeficiência humana|HIV]] entre os membros da comunidade [[LGBT]].<ref>{{Citar web|url=http://www.onortao.com.br/ler.asp?id=13542|título=Eduardo Valverde participa de lançamento do Plano Nacional de Enfrentamento da Epidemia de Aids e das DST entre gays|publicado=Jornal Nortão Online|data=25 de março de 2008|língua2=pt|acessodata=5 de setembro de 2011}}</ref> Os pôsteres da campanha foram distribuídos em boates LGBT e organizações não-governamentais que defendem a criminalização da homofobia.
 
Também durante sua gestão foi assinada uma portaria permitindo que enfermeiros e médicos do SUS passassem a se dirigir à pacientes [[transsexuais]] e [[travesti]]s por seu nome de escolha ao invés do de registro. Durante a realização da 1ª Conferência Nacional LGBT, Temporão anunciou a assinatura de uma portaria autorizando a realização de cirurgia de mudança de sexo através do SUS. Entretanto, ainda não há previsão para a publicação do decreto no [[Diário Oficial da União]].<ref>{{Citar web|url=http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u409387.shtml|título=Saúde anuncia cirurgia de mudança de sexo pelo SUS|data=5 de junho de 2008|publicado=[[Folha de S. Paulo|Folha On line]]|língua2=pt|acessodata=5 de setembro de 2011}}</ref><ref>http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias/2008/06/05/materia.2008-06-05.0649002887/view</ref> Anteriormente, a ministra [[Ellen Gracie]], do [[Supremo Tribunal Federal]], havia concluído que a União não teria a responsabilidade de fazer o pagamento de tais cirurgias.
 
Apesar dos avanços, em [[22 de setembro]] de [[2008]] o Ministério da Saúde reiterou sua polêmica posição que homossexuais e bissexuais não podem ser doadores de sangue.<ref>http://www.acapa.com.br/site/noticia.asp?codigo=5765</ref> Os argumentos são que a incidência de HIV no grupo é maior que na média da população (5% contra 1%),[http://www.acapa.com.br/site/noticia.asp?codigo=5765] assim como outras enfermidades. Entretanto a medida não foi proposta como forma de discriminação, visto que outros grupos, como ex-presidiários, pessoas que mantiveram sexo com desconhecidos entre outros também tiveram esse direito negado.
 
=== Febre amarela e dengue ===
Durante o início de 2008, Temporão enfrentou duas grandes crises epidêmicas que foram amplamente exploradas pela mídia, a da [[febre amarela]], que foi muito mais midiática do que real, no interior de [[Goiás]] e a da [[dengue]] na [[cidade do Rio de Janeiro]], respectivamente. Durante a epidemia da dengue, foi criticado por seu desafeto [[César Maia]], ex-prefeito do Rio. Temporão, que já trabalhara com Maia na Prefeitura do Rio de Janeiro, afirmou que uma crise na qual várias pessoas morreram não era o momento mais adequado para troca de acusações mútuas.
 
=== Licença compulsória de patentes ===
Temporão foi o primeiro Ministro da Saúde na história do Brasil a licenciar compulsoriamente um medicamente patenteado utilizado pelo SUS (Sistema Único de Saúde). O EFAVIRENZ, utilizado no coquetel anti-hiv distribuido pelo governo federal, fabricado pelo laboratório MERCK SHARP & DOHME, foi licenciado compulsoriamente por Temporão ainda em 2007, quando o fabricante se recusou a vende-lo ao governo do Brasil por um valor semelhante ao negociado com países asiáticos.<ref>http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u134982.shtml</ref>
 
=== HIV/AIDS ===
Em [[10 de outubro]] de [[2008]] foi noticiado que o [[Sistema Único de Saúde]] (SUS) está autorizado, a partir de [[2009]], a distribuir o medicamento Raltegravir, um anti-retroviral para pessoas portadoras de [[HIV]] que desenvolveram multirresistência aos tratamentos comuns. Essa será a 18ª droga incorporada para tratamento de portadores do vírus pelo SUS.<ref>http://mixbrasil.uol.com.br/mp/upload/noticia/11_101_69359.shtml</ref>
 
== Atrito com o PMDB ==
Após ter declarado que a [[Fundação Nacional de Saúde]] (Funasa) é corrupta, Temporão entrou em conflito com a bancada do [[Partido do Movimento Democrático Brasileiro]] (PMDB) no Congresso, que ameaça retirar-lhe o apoio, pondo em risco sua permanência na Esplanada. O presidente da Funasa, Danilo Forte, é afilhado do deputado [[Henrique Eduardo Alves]] (RN), o líder do PMDB na Câmara.<ref>http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20081114/not_imp277509,0.php</ref> O presidente Lula negou que irá destituir Temporão ou qualquer outro ministro do cargo.<ref>http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u469014.shtml</ref>
 
Em [[5 de setembro]] de 2011, deixou o PMDB e se filiou ao [[Partido Socialista Brasileiro]] (PSB).<ref>{{Citar web|url=http://oglobo.globo.com/pais/mat/2011/09/05/temporao-se-filia-ao-psb-nega-que-va-disputar-prefeitura-do-rio-925286534.asp|título=Temporão se filia ao PSB e nega que vá disputar prefeitura do Rio|publicado=O Globo|último=Bruno|primeiro=Cássio|data=5 de setembro de 2011|língua2=pt|acessodata=5 de setembro de 2011}}</ref>
 
{{Referências|col=2}}
==Notas de rodapé==
<references/>
 
== {{Ligações externas}} ==
* [http://bvsms.saude.gov.br/bvs/popup/estrutura/ministros/temporao.htm Biografia no sítio do Ministério da Saúde]
* [http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4783400Z3 Currículo de José Gomes Temporão]
{{começa caixa}}
{{caixa de sucessão
|título=[[MinistérioAnexo:Lista de ministros da Saúde (do Brasil)|Ministro da Saúde do Brasil]]
|anos =[[2007]]-[[2010]]
|antes =[[Agenor Álvares]]
|depois=[[Alexandre Padilha]]
}}
{{Gabinete de Lula}}
{{Ministros da Saúde do Brasil}}
{{Portal3|Biografias|Saúde}}
{{Atuais ministros do Brasil}}
 
{{DEFAULTSORT:Jose Gomes Temporao}}
51 460

edições