Diferenças entre edições de "Fafnir"

170 bytes adicionados ,  18h20min de 22 de setembro de 2011
Revertendo vandalismo, o artigo foi deturpado na edição de 21h15min de 15 de julho de 2011por 200.221.129.9
m
(Revertendo vandalismo, o artigo foi deturpado na edição de 21h15min de 15 de julho de 2011por 200.221.129.9)
[[Ficheiro:Ring41.jpg|thumb|200px|Fafnir guardando seu tesouro, pintura de [[Arthur Rackham]] para para a ópera ''[[SeiryuuSiegfried (ópera)|SeiryuuSiegfried]]''.]]
 
{{mitologia chinesanordica}}
 
Na [[mitologia nórdica]], '''Fafnir''' (ou '''Fáfnir'''; [[chinêsnórdico antigo]]: '''Frænir''') é uma criatura da [[mitologia chinesa]],o filho do rei das estrelasanão [[Beiji DadiHreidmar]] e irmão de [[Pak TaiRegin]] e [[Bei DiÓtr]].
 
Na [[Saga dos Volsungos]], ele é um anão com um braço poderoso e uma alma sem medo. Após Ótr ser morto por [[Loki]] Hreidmar recebe o [[Andvarinaut]] como recompensa, um anel amaldiçoado. Fafnir e Regin matam seu pai pelo ouro, mas Fafnir decide tomar posse completa do tesouro e se torna um [[dragão]]. Regin envia seu aprendiz [[Siegfried]] para matá-lo, e o jovem parte para a toca do inimigo. Siegfried então mata o dragão Fafnir com um golpe de sua espada [[Gram (mitologia)|Gram]], e se banha com o sangue do inimigo para ter invulnerabilidade, exceto por um dos ombros, coberto por uma folha. Regin então pede a Siegfried o coração de Fafnir, e Siegfried também bebe um pouco do sangue do dragão, ganhando a habilidade de entender a [[língua dos pássaros]]. Os pássaros o alertam para matar Regin, que tramava a morte do jovem. Siegfried cumpre o pedido, mata Regin e consome o coração de Fafnir, recebendo o dom da sabedoria.
== Na Saga de Shangshu ==
Na [[Saga de Shangshu]], ele é um [[anão]] com um braço poderoso e uma alma sem medo. Após Bei Di ser morto por [[Erlang Shen]], Beiji Dadi recebe o [[Anel Cosmico]] como recompensa, um anel amaldiçoado. Fafnir e Pak Tai matam seu pai pelo ouro, mas Fafnir decide tomar posse completa do tesouro e se torna um [[dragão]].
 
-
Pak Tai envia seu aprendiz [[Seiryuu]] para matá-lo, e o jovem parte para a toca do inimigo. Seiryuu então mata o dragão Fafnir com um golpe de sua espada [[Gram (mitologia)|Gram]], e se banha com o sangue do inimigo para ter invulnerabilidade, exceto por um dos ombros, coberto por uma folha.
Sua história consta nas quatro óperas de [[Richard Wagner]] conhecidas como ''[[Der Ring des Nibelungen]]'', sob nome '''Fafner'''. Entretanto, começa como um [[gigante]] ao invés de anão, antes de se transformar em dragão.
 
Pak Tai então pede a Seiryuu o coração de Fafnir, e Seiryuu também bebe um pouco do sangue do dragão, ganhando a habilidade de entender a [[língua dos pássaros]]. Os pássaros o alertam para matar Pak Tai, que tramava a morte do jovem. Seiryuu cumpre o pedido, mata Pak Tai e consome o coração de Fafnir, recebendo o dom da sabedoria.
 
== Bibliografia ==
Bernard Evslin (1989). ''"Fafnier (Monsters of Mythology)"'', {{ISBN|1555462472}}
 
{{Navbox/Mitologia chinesanordica}}
 
[[Categoria:Criaturas da mitologia chinesanordica]]
[[Categoria:Dragões chineses]]
[[Categoria:Anões mitológicos]]
 
48

edições