Diferenças entre edições de "Sergio Bonelli"

9 bytes adicionados ,  18h35min de 26 de setembro de 2011
sem resumo de edição
'''Sergio Bonelli''', de pseudônimo '''Guido Nolitta''' ([[Milão]], [[2 de dezembro]] de [[1932]] — [[Monza]], [[26 de setembro]] de [[2011]]) é um autor [[Itália|italiano]] de várias personagens de [[banda desenhada]], entre eles [[Zagor]] e [[Mister No]].
 
Sérgio Bonelli é filho de [[Giovanni Luigi Bonelli|Gian Luigi Bonelli]]. Desde pequeno Sergio freqüentavafrequentava a editora dirigida por sua mãe, Tea Bonelli, a Redazione Audace. Em [[1957]], concluídos os estudos, assumiu a direção da empresa, que agora tinha o nome de Edizioni Araldo.
 
Em [[1958]] Sergio criou ''Un Ragazzo nel Far West'' (desenhada por Franco Bignotti) e em [[1959]] escreve "''Il giudice Bean"'' (desenhos de Sergio Tarquinio), sempre sob o pseudônimo de Guido Nolitta. Escreveu também alguns episódios para a revista ''Piccolo Ranger''.
 
Em [[1960]] deu o pontapé inicial a [[Zagor]], com desenhos de [[Gallieno Ferri]], cuja primeira história saiu em [[15 de junho]] de [[1961]], publicação que logo grangeou um grande sucesso junto ao público italiano. Foi autor das histórias de Zagor até [[1980]]. Em [[1975]] cria ''[[Mister No'']], personagem com caracterização diferente do que havia na época e que mudou o estilo dos personagens Bonellianosbonellianos.
 
Mesmo sem aparecer "oficialmente", por muitos anos colabora com o pai Gian Luigi Bonelli escrevendo episódios de [[Tex]]. A primeira história é "Caçada humana", de [[1976]] (TEX-068), e muitas outras foram escritas em seguida, mas sempre de forma eventual, pois Sergio é um autêntico multitarefa na editora, cuidando de tudo depois que sua mãe se aposentou. Sergio Bonelli é também o editor responsável por [[Martin Mystère]], [[Dylan Dog]] e [[Nathan Never]].
31 229

edições