Diferenças entre edições de "Escolas das Testemunhas de Jeová"

12 bytes removidos ,  19h13min de 4 de outubro de 2011
 
== Conceito sobre a educação em geral ==
Alguns críticos consideram que as Testemunhas de Jeová desencorajam os seus membros de frequentarem as instituições de ensino seculares, especialmente as chamadas de Ensino Superior. (Sobre esta questão, obtenha mais informação no [[Posições controversas das Testemunhas de Jeová#Conceito sobre o Ensino Superior|tópico respectivo]] no artigo [[Posições controversas das Testemunhas de Jeová]]) No entanto, as Testemunhas de Jeová afirmam que dão grande valor à educação em termos gerais, segundo o que se infere de vários artigos publicados em revistas e brochuras (''A Sentinela'', de 1 de Novembro de 1992, pág. 10-21; ''A Sentinela'', de 1 de Fevereiro de 1996, pág. 9-14). A publicação '''As Testemunhas de Jeová e a Educação''', editada pela Sociedade Torre de Vigia, em 1995, afirmava na sua introdução:
 
:''"Um dos principais objetivos da escolaridade é treinar os filhos para a vida cotidiana que inclui habilitá-los a cuidar das necessidades da sua família num tempo futuro. As Testemunhas de Jeová acham que isto é uma responsabilidade sagrada. A própria Bíblia diz: "Certamente, se alguém não fizer provisões para os seus próprios, e especialmente para os membros de sua família, tem repudiado a fé e é pior do que alguém sem fé." (1 Timóteo 5:8) Os anos passados na escola preparam os filhos para as responsabilidades que terão de assumir na vida. As Testemunhas acham, por isso, que a educação deve ser levada muito a sério. [...]as Testemunhas incentivam seus filhos a estudar diligentemente e a levar a sério as tarefas que recebem na escola. A Bíblia ensina também a sujeição às leis do país em que se vive. Portanto, quando a instrução escolar é obrigatória até certa idade, as Testemunhas de Jeová acatam esta lei. — Romanos 13:1-7.''
Utilizador anónimo