Diferenças entre edições de "Marco Luque"

24 bytes removidos ,  17h33min de 14 de outubro de 2011
m
sem resumo de edição
m (Protegeu "Marco Luque": Vandalismo excessivo ([edit=autoconfirmed] (expira a 03h09min de 16 de outubro de 2011 (UTC))))
m
Aos 18 anos, Luque abandonou o curso de artes plásticas para se dedicar ao futebol. Sua primeira equipe como jogador foi o [[Esporte Clube Santo André]], equipe do [[ABC paulista]]. Aos 21 anos se transferiu ao [[Numancia]] (time da segunda divisão da liga espanhola). Por conta da pesada e puxada vida de jogador de futebol, acabou encerrando a carreira ainda muito novo.
 
Luque deixou a carreira de [[futebolista|jogador de futebol]] para voltar a estudar artes e então, posteriormente, tornar-se ator. Envolvido no teatro desde a infância, partiu para o humor. Atualmente, é um dos apresentadores do programa [[Custe o Que Custar]] da [[Rede Bandeirantes]],<ref name="band.com.br">{{Citar web |url=http://band.com.br/fiquedeolho/conteudo.asp?ID=73648&CNL=18 |título=Rede Bandeirantes |língua= |autor= |obra= |data= |acessodata=}}</ref> ao lado de [[Marcelo Tas]] e [[Rafinha Bastos]]; e mantém um quadro na Rádio [[Mix FM]] com o motoboy "''Jackson Five''". Apresenta tambémApresentou, desde o dia 25 deem julho2010, um programa só seu, chamado [[O Formigueiro]].
 
Fez parte do elenco da [[Terça Insana]], onde apresentava diversos personagens, e já atuou em outros espetáculos, tais como: "Quarteto em Rir Maior", "Tudo Pela Fama", "Quando as Máquinas Param", "O Auto da Barca do Inferno", "Sextas de Comédia", "Humor aos Pedaços", "Inês" e "Improvável".<ref>{{Citar web |url=http://www.improvavel.com.br |título=Site Oficial Improvável |língua= |autor= |obra= |data= |acessodata=}}</ref>
Fez uma participação especial no seriado [[Carga Pesada]], e no [[Fantástico]] com "Álbum de Casamento", ambos da [[Rede Globo]].
 
Foi convidado para participar do humorístico [[Zorra Total]] da [[Rede Globo]] em duas oportuniodadesoportunidades, mas preferiu manter seus personagens no teatro.<ref>{{Citar web |url=http://veja.abril.com.br/020408/p_118.shtml |título=O riso nosso de cada dia |língua= |autor=MARTINS, Sérgio |publicado=VEJA |data= 2008|acessodata=}}</ref>
 
Participou do [[Novo Telecurso]], na teleaula de Artes como Marcão, que foi ao ar em 2009.
6 305

edições