Abrir menu principal

Alterações

39 bytes adicionados ,  12h04min de 22 de outubro de 2011
sem resumo de edição
Martinho tentou também substituir os nomes dos planetas, mas aí já não foi tão bem sucedido, pelo que ainda hoje os chamamos pelos seus nomes clássicos pagãos.
 
Morreu no dia [[20 de março]] de [[579]] e foi sepultado na [[Basílica de São Martinho de Dume|catedral de Dúmio]].
Para si compôs o seguinte epitáfio: ''Nascido na Panônia, atravessando vastos mares, impelido por sinais divinos para o seio da Galiza, sagrado bispo nesta tua igreja, ó Martinho confessor, nela instituí o culto e a celebração da missa. Tendo-te seguido, ó patrono, eu, o teu servo Martinho, igual em nome que não em mérito, repouso agora aqui na paz de Cristo''.