Diferenças entre edições de "Piratbyrån"

2 bytes removidos ,  13h00min de 4 de novembro de 2011
m
"possue" não existe em Português.
m (r2.7.1) (Robô: A adicionar: fa:پیرت‌بیرن)
m ("possue" não existe em Português.)
== Atividades ==
No seu relatório de atividades de 2007, publicado em 2008, o Piratbyrån lista todas as suas atividades no ano the 2007. Algumas incluem palestras em universidades e conferências, publicação de relatórios, participação em projetos de arte e de pesquisa, uma entrevista com o Vanity Fair em Fevereiro de 2007, participação no planejamento da Confêrencia do Petróleo do Século XXI (The Oil of the 21st Century) em Berlin, apresentações na Festa de Computadores da Noruega (The Gathering), entrevistas para a mídia relatando a incursão nos servidores do The Pirtate Bay, inauguração de uma loja online para vender roupas do Kopimi Klothing, participação na organização de protestos que marcaram o aniversário de um ano da batida policial no The Pirate Bay, participação no festival BELEF07 em Belgrado (Sérvia) e participação na organização do evento "Quem faz e possuepossui o seu trabalho" (Who Makes And Owns Your Work) em Estocolmo.[5]
Em março de 2007 membros do Piratbyrån foram convidados a uma reunião com o grupo executivo do Instituto de Filmes Sueco, para compartilhar suas perspectivas sobre filme e cópia. De acordo com o Piratbyrån "Os lideres ouviram com interesse - para meses depois lançar uma nova campanha anti pirataria". No mesmo mês o Piratbyrån colaborou com o grupo norueguês Piratgruppen, lançando a contra-campanha "Pirataria liberta a música" (Promovido pela The Pirate Bay), em resposta a "Pirataria mata a música" campanha antipirata da indústria fonográfica da Noruega [5].
Em 2007 membros do Piratbyrån também ajudaram a produzir o filme Steal This Film (Roube esse filme), que inclui entrevistas com membros do Piratbyrån que foi lançado em dezembro de 2007. [5]
 
== Atividades em 2009 ==