Diferenças entre edições de "Legio VII Claudia"

3 bytes adicionados ,  11h32min de 12 de novembro de 2011
m
A Sétima, a [[Legio VI Ferrata|Sexta]], a [[Legio VIII Augusta|Oitava]] e a [[Legio IX Hispana|Nona]] foram todas fundadas por [[Pompeu Magno|Pompeu]] na [[Hispânia]] em 65 b.C.<ref>{{citar livro| título = Caesar's Legion|nome = Stephen| sobrenome = Dando| editora = Collins| páginas = 269-270| língua = inglês}}</ref>. [[Júlio César]] ordenou que elas fossem movidas para a [[Gália Cisalpina]] por volta de 58 b.C. e elas participaram, sob a liderança dele, das [[Guerras Gálicas]]. César, que na época era ainda apenas um general romano, menciona a Sétima em seu relato sobre a batalha contra os [[nervii]] e é provável que ela tenha sido empregada também na expedição pela Gália ocidental liderada por [[Marcus Licinius Crassus|Crassus]]. Durante a crise causada pela revolta de [[Vercingetórix]], a Sétima lutou nas redondezas de [[Lutécia]] (atual [[Paris]]).
 
A Sétima foi uma das duas legiões utilizadas nas [[invasões da Britânia por Júlio César]] (a outra foi a [[Legio X Equestris]]) e teve um papel crucial na [[Batalha de Farsalos]] (48 b.C.). Ela foi desmontada por [[AugustoVespasiano]] e recriada como [[Legio VII Gemina]], continuando a existir até pelo menos o final do século IV d.C., aquartelada na região do médio [[Danúbio]].
 
[[Tiberius Claudius Maximus]], o soldado romano que conseguiu entregar a cabeça de [[Decébalo]], o rei da [[Dácia]] ([[Romênia]]), ao [[imperador romano]] [[Trajano]], estava servindo na Legio VII Claudia.