Diferenças entre edições de "Tite (treinador de futebol)"

8 238 bytes adicionados ,  22h30min de 7 de dezembro de 2011
sem resumo de edição
|paisnatal = {{BRA}}
|actualclube = {{BRAb}} [[Sport Club Corinthians Paulista|Corinthians]]
|posição = [[Treinador de futebol|Treinador]], ex-[[Volante (futebol)|Volante]]
|clubes = {{BRAb}} [[SER Caxias|Caxias]]<br />{{BRAb}} [[Clube Esportivo de Bento Gonçalves|Esportivo-RS]]<br />{{BRAb}} [[Associação Portuguesa de Desportos|Portuguesa]]<br />{{BRAb}} [[Guarani Futebol Clube|Guarani]]
|ano = [[1978]]-[[1984]]<br />[[1984]]-[[1985]]<br />[[1985]]-[[1986]]<br />[[1986]]-[[1989]]
|jogos(golos) = <br/><br/><br/>
|treinadoranos = [[1990]]-[[1991]]<br />[[1991]]-[[1992]]<br />[[1992]]-[[1995]]<br />[[1996]]-[[1997]]<br />[[1997]]-[[1998]]<br />[[1999]]-[[2000]]<br />[[2001]]-[[2003]]<br />[[2003]]-[[2004]]<br />[[2004]]-[[2005]]<br />[[2005]]<br />[[2006]]<br />[[2007]]<br />[[2008]]-[[2009]]<br />[[2010]]<br />[[2010]]-
|treinadorclubes = {{BRAb}} [[Grêmio Atlético Guarany|Guarany de Garibaldi]]<br />{{BRAb}} [[SER Caxias|Caxias]]<br />{{BRAb}} [[Veranópolis Esporte Clube Recreativo e Cultural|Veranópolis]]<br />{{BRAb}} [[Ypiranga Futebol Clube (Erechim)|Ypiranga de Erechim]]<br />{{BRAb}} [[Esporte Clube Juventude|Juventude]]<br />{{BRAb}} [[SER Caxias|Caxias]]<br />{{BRAb}} [[Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense|Grêmio]]<br />{{BRAb}} [[Associação Desportiva São Caetano|São Caetano]]<br />{{BRAb}} [[Sport Club Corinthians Paulista|Corinthians]]<br />{{BRAb}} [[Clube Atlético Mineiro|Atlético Mineiro]]<br />{{BRAb}} [[Sociedade Esportiva Palmeiras|Palmeiras]]<br />{{UAEb}} [[Al Ain FC|Al Ain]]<br />{{BRAb}} [[Sport Club Internacional|Internacional]]<br />{{UAEb}} [[Al-Wahda FC|Al-Wahda]]<br /> {{BRAb}} [[Sport Club Corinthians Paulista|Corinthians]]
|treinadorjogos =<br /> <br /> <br /> <br /> <br /> <br /> <br /> <br /> 51 <ref>http://www.lancenet.com.br/corinthians/Corinthians-Tite-Ceara-Brasileirao_0_533946808.html</ref> <br /> 42 <br /> <br /> <br /> 148 <br /> 4 <br /> 54
}}
'''Adenor Leonardo Bachi''',<ref>ogol.com.br: [http://www.ogol.com.br/treinador.php?id=1009 Dados pessoais de Tite]</ref> mais conhecido como '''Tite''' ([[Caxias do Sul]], [[25 de maio]] de [[1961]]<ref>br.sambafoot.com: [http://br.sambafoot.com/treinadores/121_Tite.html Detalhes do treinador]</ref>), é um [[treinador de futebol|treinador]] e ex-[[futebolista]] [[brasil]]eiro. É o atual treinador do [[Sport Club Corinthians Paulista|Corinthians]] e [[Campeonato Brasileiro de Futebol de 2011|Campeão Brasileiro de 2011]].
 
== Como jogador ==
Tite começou sua carreira como [[volante (futebol)|volante]] no [[SER Caxias|Caxias]], em [[1978]]. Em [[1984]] foi vendido para o [[Clube Esportivo de Bento Gonçalves|Esportivo]] de [[Bento Gonçalves (Rio Grande do Sul)|Bento Gonçalves]]. Em [[1985]] foi para [[Associação Portuguesa de Desportos|Portuguesa]]. No ano seguinte foi para o [[Guarani Futebol Clube|Guarani]], que seria vice-campeão no [[Campeonato Brasileiro de Futebol de 1986|Campeonato Brasileiro de 1986]] e no [[Copa União|Campeonato Brasileiro de 1987 (Copa União)]], além de também ter sido vice-campeão no [[Campeonato Paulista de Futebol de 1988|Campeonato Paulista de 1988]].
 
No ano seguinte, foi para o [[Guarani Futebol Clube|Guarani]], clube onde alcançou seu auge, sendo vice-campeão no [[Campeonato Brasileiro de Futebol de 1986|Campeonato Brasileiro de 1986]] e no [[Copa União|Campeonato Brasileiro de 1987 (Copa União)]], além de também ter sido vice-campeão no [[Campeonato Paulista de Futebol de 1988|Campeonato Paulista de 1988]].
 
Tite foi obrigado a encerrar prematuramente a sua carreira, com apenas 28 anos, devido à uma série de [[lesão|lesões]] nos [[joelho]]s, com até ruputura de ligamento, tendo até perdido a mobilidade de uma das [[perna]]s até hoje, não conseguindo dobrar o joelho<ref>Entrevista à [[Fernando Fernandes]], no Papo de Boleiro, quadro do [[Band Esporte Clube]].</ref>.
 
== Como treinador ==
Tite tornou-se treinador em [[1990]], dirigindo o time do [[Grêmio Atlético Guarany|Guarany de Garibaldi]]. Treinou diversos times medianos gaúchos como [[Veranópolis Esporte Clube Recreativo e Cultural|Veranópolis]] ([[1992]]-[[1993]]-[[1994]]-[[1995]]-[[1998]]), ganhando a segunda divisão gaúcha em [[1993]]. ApósDepois, assumiu o [[Ypiranga Futebol Clube|Ypiranga]] de [[Erechim]] ([[1996]]), e posteriormente o [[Esporte Clube Juventude|Juventude]] ([[1997]]).
 
=== Primeiros sucessos ===
Tite levou o [[SER Caxias|Caxias]] a ser campeão do [[Campeonato Gaúcho de Futebol de 2000|Campeonato Gaúcho de 2000]]. Foi contratado pelo [[Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense|Grêmio]] e ganhou o [[Campeonato Gaúcho de Futebol de 2001|Campeonato Gaúcho de 2001]] e a [[Copa do Brasil de Futebol de 2001|Copa do Brasil de 2001]]. Dirigiu o [[Associação Desportiva São Caetano|São Caetano]] por dois anos ([[2003]] e [[2004]]).
 
Em [[2000]], é contratado [[SER Caxias|Caxias]]. No [[Campeonato Gaúcho de Futebol de 2000|Campeonato Gaúcho de 2000]], faz uma campanha surpreendente, levando o clube a ser campeão sobre o [[Grêmio]], de [[Ronaldinho Gaúcho]] e [[Cláudio Pitbull]], sendo que até goleou a equipe de [[Porto Alegre]] por 3 a 0 na primeira partida. Na segunda partida, no [[Estádio Olímpico|Olímpico]], a equipe de [[Caxias do Sul]] empata por 0 a 0, sagrando-se campeã. Com isso, Tite desperta atenção na imprensa gaúcha e nos times grandes de [[Porto Alegre]].
=== Corinthians ===
Mais tarde naquele ano, assumiu o [[Sport Club Corinthians Paulista|Corinthians]] e levou o time (que beirava o rebaixamento) ao quinto lugar da tabela. No ano seguinte com a chegada do Grupo de Investimento [[Media Sports Investment|MSI]] e de estrelas como o argentino [[Carlos Tévez|Tévez]], ele pediu demissão mesmo com campanha razoável no [[Campeonato Paulista de Futebol de 2005|Campeonato Paulista]]. O motivo de seu pedido de demissão seria a oposição a Kia Jaboorichian, que não acreditava que Tite fosse o técnico ideal para a atual equipe do Corinthians e que, segundo Tite, Kia havia tentado interferir na maneira de comandar e escalar a equipe. Fecha-se assim seu primeiro ciclo com o time, após 53 partidas no comando da equipe paulista.
 
Em [[2001]], devido ao grande sucesso no Caxias, Tite é contratado pelo [[Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense|Grêmio]], justamente o time que havia derrotado. No Grêmio, sagra-se campeão [[Campeonato Gaúcho de Futebol de 2001|Campeonato Gaúcho de 2001]], ficando em primeiro no octogonal da primeira fase, e derrotando o [[Juventude]] nas duas partidas [[final|finais]], por 3 a 2 fora e 3 a 1 no Olímpico. Com o título, Tite se firma na equipe gaúcha.
Acabaria voltando ao Corinthians em [[2010]] para substituir [[Adilson Batista]] na disputa do [[Campeonato Brasileiro de Futebol de 2010]].
 
No mesmo ano, também leva o Grêmio à conquista da [[Copa do Brasil de Futebol de 2001|Copa do Brasil]], passando por [[Villa Nova]] (na 1ª Fase), [[Santa Cruz]] (na 2ª Fase), [[Fluminense]] (nas Oitavas-de-final), [[São Paulo]] (nas Quartas-de-final), [[Coritiba]] (nas Semifinais), para pegar o [[Corinthians]], de [[Marcelinho Carioca]] e [[Müller]] nas finais. Na primeira partida, no [[Estádio Olímpico Monumental|Olímpico]], empata por 2 a 2. Depois, no [[Estádio do Morumbi|Morumbi]] lotado, vence por 3 a 1, consolidando o título, sendo o primeiro nacional de Tite. Depois, permaneceria no Grêmio até [[2003]].
 
=== Outras passagens ===
 
Depois do Grêmio, dirigiu o [[Associação Desportiva São Caetano|São Caetano]] por dois anos ([[2003]] e [[2004]]).
 
Mais tarde naquele ano, assumiu o [[Sport Club Corinthians Paulista|Corinthians]] e levou o time (que beirava o rebaixamento) ao quinto lugar da tabela. No ano seguinte com a chegada do Grupo de Investimento [[Media Sports Investment|MSI]] e de estrelas como o argentino [[Carlos Tévez|Tévez]], ele pediu demissão mesmo com campanha razoável no [[Campeonato Paulista de Futebol de 2005|Campeonato Paulista]]. O motivo de seu pedido de demissão seria a oposição a Kia Jaboorichian, que não acreditava que Tite fosse o técnico ideal para a atual equipe do Corinthians e que, segundo Tite, Kia havia tentado interferir na maneira de comandar e escalar a equipe. Fecha-se assim seu primeiro ciclo com o time, após 53 partidas no comando da equipe paulista.
 
=== Atlético Mineiro ===
Logo depois, foi contratado pelo [[Clube Atlético Mineiro|Atlético Mineiro]] para a disputa do [[Campeonato Brasileiro de Futebol de 2005]]. Estreou bem, vencendo em casa o Figueirense com uma goleada de 4x1. Mas, infelizmente, com uma equipe fraca, cujos maiores jogadores eram [[Rodrigo Fabri]] e [[Marques]], o Galo acabou rebaixado após 13 vitórias, 8 empates e 21 derrotas. Os 47 pontos conquistados prejudicaram o time, que ficou na 20° posição atrás do Coritiba, que possuia 49 pontos e um 19° lugar também responsável pelo descenço do time paranaense. [[Tite]] foi demitido em [[agosto]] e seus sucessores não conseguiram melhorar o empenho do time mineiro.
 
DirigindoDepois, assumiu o [[Sociedade Esportiva Palmeiras|Palmeiras]], assumiupegando o time na zona do rebaixamento, usou o período de intervalo da [[Copa do Mundo FIFA de 2006|Copa do Mundo de 2006]] para impor a sua [[filosofia]] no time e com uma recuperação fantástica começou o período pós-copa com 7 vitórias, 5 empates e 1 derrota. Mas após desavenças com [[Salvador Hugo Palaia]], dirigente do clube, Tite foi hostilizado pela torcida e acabou sendo demitido.
=== Palmeiras ===
Dirigindo o [[Sociedade Esportiva Palmeiras|Palmeiras]], assumiu o time na zona do rebaixamento, usou o período de intervalo da [[Copa do Mundo FIFA de 2006|Copa do Mundo de 2006]] para impor a sua [[filosofia]] no time e com uma recuperação fantástica começou o período pós-copa com 7 vitórias, 5 empates e 1 derrota. Mas após desavenças com [[Salvador Hugo Palaia]], dirigente do clube, Tite foi hostilizado pela torcida e acabou sendo demitido.
 
=== Al Ain ===
No fim de [[2007]] foi contratado pelo [[Al Ain FC|Al Ain]] dos [[Emirados Árabes Unidos|Emirados Árabes]], mas ao fim de seis meses no comando da equipe foi demitido por não concordar com o pedido dos dirigentes para relacionar um jogador da seleção do país. Tite comandou a equipe em 25 jogos, vencendo 13, empatando 6 e perdendo outras 6.
 
=== Internacional ===
No dia [[12 de junho]] de [[2008]], a direção do [[Sport Club Internacional|Internacional]] anunciou a contratação de Tite para o comando do clube. Desde então Tite levou o time ao 6º lugar no [[Campeonato Brasileiro de Futebol de 2008 - Série A|Brasileirão de 2008]] e conquistou a [[Copa Sul-americanacontratação de 2008]].Tite Aindafoi conquistoucontestada opor [[Campeonatogrande Gaúchoparte deda Futeboltorcida de 2009|Campeonato Gaúcho de 2009]]colorada, alémdevido deao tersucesso sidodele viceno daGrêmio, [[Copaarquirrival do Brasil de Futebol de 2009|Copa do Brasil de 2009]] e vice na [[Recopa Sul-Americana 2009|Recopa Sul-Americana de 2009]]Inter. No mesmo ano, foi campeão da [[Copa Suruga Bank de 2009|Copa Suruga Bank]], disputada no [[Japão]].
 
Desde então Tite, levou o time ao 6º lugar no [[Campeonato Brasileiro de Futebol de 2008 - Série A|Brasileirão de 2008]] e conquistou a [[Copa Sul-americana de 2008]], sobre o [[Estudiantes de La Plata]], com gol de [[Nilmar]] nos últimos minutos da prorrogação. Na Sul-Americana, antes do Estudiantes, o Inter havia desclassificado o [[Universidad Católica]] (nas Oitavas), o [[Boca Juniors]] (nas Quartas) e o [[Chivas Guadalajara]] (nas Semifinais).
Devido ao baixo rendimento refletido em maus resultados dentro e fora do Beira-Rio, no dia [[5 de outubro]] de [[2009]] o [[Sport Club Internacional|Internacional]] rescindiu o [[contrato]] com Tite.<ref>abril.com.br: [http://www.abril.com.br/noticias/esportes/direcao-internacional-anuncia-demissao-tite-551765.shtml Direção do Internacional anuncia demissão de Tite] (5/10/2009)</ref><ref>internacional.com.br: [http://www.internacional.com.br/pagina.php?modulo=2&setor=18&codigo=9803 Coletiva explica saída do técnico Tite] (5/10/2009)</ref>
 
Ainda conquistou o [[Campeonato Gaúcho de Futebol de 2009|Campeonato Gaúcho de 2009]], sobre o Grêmio, além de ter feito uma boa campanha na [[Copa do Brasil de Futebol de 2009|Copa do Brasil de 2009]], perdendo na final para o [[Sport Club Corinthians Paulista|Corinthians]] de [[Ronaldo Fenômeno]], [[Dentinho]] e [[André Santos]], e deixando para trás equipes como [[Flamengo]] e [[Coritiba]]. Além disso, foi vice da [[Recopa Sul-Americana 2009|Recopa Sul-Americana de 2009]], perdendo para a [[LDU de Quito]]. No mesmo ano, foi campeão da [[Copa Suruga Bank de 2009|Copa Suruga Bank]], disputada no [[Japão]], sobre o [[Oita Trinita]].
=== Al-Wahda ===
 
No [[Campeonato Brasileiro de Futebol de 2009|Brasileirão de 2009]], teve um bom início, ficando em [[Troféu Osmar Santos|primeiro lugar no primeiro turno]]. Depois, no segundo turno, colecionou uma série de maus resultados contra equipes de pequeno porte e grande oscilação. Devido ao baixo rendimento refletido em maus resultados dentro e fora do Beira-Rio, no dia [[5 de outubro]] de [[2009]] o [[Sport Club Internacional|Internacional]] rescindiu o [[contrato]] com Tite.<ref>abril.com.br: [http://www.abril.com.br/noticias/esportes/direcao-internacional-anuncia-demissao-tite-551765.shtml Direção do Internacional anuncia demissão de Tite] (5/10/2009)</ref><ref>internacional.com.br: [http://www.internacional.com.br/pagina.php?modulo=2&setor=18&codigo=9803 Coletiva explica saída do técnico Tite] (5/10/2009)</ref>
 
=== ;Al-Wahda ===
Em [[31 de Agosto]] de 2010, Tite foi anunciado como novo técnico do [[Al-Wahda FC|Al-Wahda]], dos Emirados Árabes.<ref>globoesporte.com: [http://globoesporte.globo.com/futebol/noticia/2010/08/tite-acerta-com-o-al-wahda-e-pode-cruzar-com-o-inter-no-mundial.html Tite acerta com o Al Wahda e pode cruzar com o Inter no Mundial] (31/08/2010)</ref>. Com a demissão do [[técnico]] [[Adílson Batista]], do [[Corinthians]], Tite acertou o seu [[contrato]] com o [[clube]] [[paulista]] em [[15 de outubro]] de [[2010]]. Para assumir a [[equipe]], precisou ser liberado pelo Sheik dono do [[Al-Wahda]], clube que comandou por apenas 4 partidas. Três dias depois foi anunciado que Tite foi liberado, sendo o novo [[técnico]] do [[Corinthians]]<ref>esportes.r7.com: [http://esportes.r7.com/futebol/times/corinthians/area-publica/noticias/tite-recebe-liberacao-do-al-wahda-e-chega-nesta-semana-para-assumir-o-corinthians-20101017.html Tite é o novo técnico do Corinthians] (18/10/2010)</ref>.
 
=== Retorno ao Corinthians ===
====Campeonato Brasileiro de Futebol de 2010====
Tite volta ao Corinthians, em [[2010]], faltando oito partidas para o fim do [[Campeonato Brasileiro de Futebol de 2010]], com a missão de reerguer a equipe, que lutava pelo título e passava por um momento difícil, com quase dez partidas sem vencer, o que tinha culminado com a demissão de seu antecessor [[Adilson Batista]].
Logo em sua estreia, Tite derrota o rival [[Sociedade esportiva palmeiras|Palmeiras]] por 1 a 0, com gol de [[Bruno César Zanaki|Bruno César]], após o mesmo se recuperar de lesão e voltar a posição pela qual [[Mano Menezes]] o havia encaixado enquanto ainda comanda o Corinthians (com a chegada de [[Adilson Batista]], Bruno ficou menos deslocado e passou a fazer gols com menos frequência). Embora não tenha conquistado o [[Campeonato Brasileiro de Futebol de 2010]] pelo Corinthians, teve um ótimo empenho em suas 8 partidas ao final do torneio, com 5 vitórias, 3 empates e nenhuma derrota. Nestas partidas, a equipe marcou 13 gols e sofreu apenas 3 gols.
 
Logo em sua estreia, Tite derrota o rival [[Sociedade esportivaEsportiva palmeirasPalmeiras|Palmeiras]] por 1 a 0, com gol de [[Bruno César Zanaki|Bruno César]], após o mesmo se recuperar de lesão e voltar a posição pela qual [[Mano Menezes]] o havia encaixado enquanto ainda comanda o Corinthians (com a chegada de [[Adilson Batista]], Bruno ficou menos deslocado e passou a fazer gols com menos frequência). Embora não tenha conquistado o [[Campeonato Brasileiro de Futebol de 2010]] pelo Corinthians, teve um ótimo empenhodesempenho em suas 8 partidas ao final do torneio, com 5 vitórias, 3 empates e nenhuma derrota. Nestas partidas, a equipe marcou 13 gols13gols e sofreu apenas 3 gols. A equipe termina na terceira colocação, conquistando vaga para a [[Pré-libertadores]] e Tite se firma, renovando para [[2011]].
 
===Desclassificação da Libertadores e instabilidade===
Estreando no [[Campeonato Paulista de Futebol de 2011|Paulistão 2011]] em [[16]] de [[janeiro]] de [[2011]], o time venceu a [[Portuguesa de Desportos|Portuguesa]] por 2 a 0. A equipe se preparava para as decisivas partidas contra o [[Deportes Tolima]], da [[Colômbia]], pela [[Pré-libertadores]]. A primeira, no [[Pacaembu]], terminou empatada por 0 a 0, já gerando desconfianças pela torcida. Na partida de volta, no [[Estádio Manuel Murillo Toro]], em [[Ibagué]], o time joga muito mal, finalizando poucas vezes e acaba derrotado por 2 a 0. A desclassificação prematura da equipe gerou fúria da torcida e uma série de protestos, e a demissão de Tite, que foi muito criticado por escalar três volantes e três atacantes, ficando sem um jogador de armação, era vista como certa. Entretanto, no dia seguinte, o então presidente do clube, [[Andrés Sanchez]], confirma a permanência de Tite no comando da equipe.
 
Dias depois, [[Ronaldo Fenômeno]] anunciava a sua aposentadoria, [[Roberto Carlos]] e [[Jucilei]] saiam para o [[Anzhi Makhachkala]], da [[Rússia]] e [[Bruno César]] fechava com o [[Benfica]] (apesar de ir embora após o término do Paulistão). A equipe, que já estava sem [[Elias Mendes Trindade|Elias]], negociado no final de [[2010]], ficava ainda mais desfigurada. Além disso, [[Dentinho]] seria negociado com o [[Shakhtar Donetsk]]. Portanto, cabia a Tite espantar o péssimo momento da equipe e promover uma renovação no elenco alvinegro. Para isso, contou com a volta de [[Liedson]] para o alvinegro.
 
===Vice-campeonato Paulista===
Logo após a desclassificação do Corinthians, o próximo adversário da equipe era o rival Palmeiras, pelo Paulistão. Caso perdesse, a demissão de Tite era certeza. Entretanto, a equipe vence por 1 a 0, com gol de [[Alessandro Mori Nunes|Alessandro]] e Tite ganha tranquilidade. Depois disso, o time dá a volta por cima e embala uma série de bons resultados no campeonato, como a vitória por 3 a 1 sobre o [[Santos Futebol Clube|Santos]]. O time se classifica para a fase final do torneio, e despacha [[Oeste de Itápolis|Oeste]] (nas Quartas), [[Palmeiras]] (nas Semifinais, em disputa por pênaltis) e vai à final contra o [[Santos]]. Empata a primeira partida em casa por 0 a 0 e perde na [[Vila Belmiro]] por 2 a 1, ficando com o vice-campeonato.
 
====Campeonato Paulista de FutebolBrasileiro de 2011====
Com a perda do Paulistão, inicia-se o planejamento para o [[Campeonato Brasileiro de Futebol de 2011|Campeonato Brasileiro de 2011]]. Logo nas dez primeiras partidas da competição, a equipe tem um início excelente, embalando nove vitórias e um empate, conslidando-se como líder isolada da competição. Após essa espetacular sequência, o time sofre duas derrotas conscutivas, para [[Cruzeiro]], em casa, e [[Avaí]], fora. Depois, volta a vencer, batendo o [[América-MG]]. Logo após, empata com [[Atlético-PR]] e [[Ceará]], e vence o [[Atlético-MG]]. Depois, a equipe volta a ter uma ceta instabilidade novamente com duas derrotas consecutivas, para [[Figueirense]] e [[Palmeiras]], fechando o primeiro turno, ficando na primeira colocação.
 
No segundo turno, começa vencendo o [[Grêmio]] e perdendo para o [[Coritiba]]. Na vigésima segunda rodada, vence o [[Flamengo]]. Depois do Flamengo, perde para [[Fluminense]] e [[Santos]], sendo a última de virada em pleno Pacaembu. A equipe cai na tabela e Tite se vê muito ameaçado novamente, a maior crise após o Tolima. A torcida volta a pedir a sua saída, e [[Andrés Sanchez]] novamente banca o treinador. Entretanto, vai ainda ameaçado para o clássico contra o [[São Paulo FC|São Paulo]] no [[Estádio do Morumbi|Morumbi]], e promove alterações na zaga, tirando o capitão [[Chicão]]. Neste clássico, o time empata por 0 a 0 e Tite se mantém na equipe. Depois, embala uma série de bons resultados, sendo um desses um importante empate contra o [[Vasco]], em [[São Januário]], por 2 a 2, e volata a perder só na vigésima nona rodada, para o [[Botafogo]] (concorrente direto) e na trigésima terceira, para o [[América-MG]]. Durante a maior parte do torneio a equipe disputou a primeira colocação com o [[Vasco da Gama]], com amabas equipes revezando tal colocação.
 
Após a derrota para o [[América-MG]], até então lanterna do campeonato, Tite novamente é contestado pela torcida, faltando apenas cinco partidas para o fim do torneio e a equipe líder. Entretando, sua demissão passou longe de ocorrer. Depois, a equipe vence quatro partidas consecutivas, contra [[Atlético-PR]], [[Ceará]] (com gol de [[Luís Ramírez]] no final), [[Atlético-MG]] (2 a 1, de virada, com gols de [[Liédson]] e [[Adriano]], seu primeiro com a camisa corintiana) e [[Figueirense]] (com gol de Liédson). Nesta partida, a equipe chegou a ser campeã nacional por alguns minutos, já que o Vasco apenas empatava com o Fluminense. Entretanto, aos 45', o Vasco faz o segundo gol, vencendo a partida, "tirando" o título do Corinthians.
 
Com isso, o [[Corinthians]] foi para a última rodada, contra o [[Palmeiras]], com 70 pontos e o Vasco com 68. O Corinthians só não seria campeão caso perdesse e caso o Vasco vencesse o [[Flamengo]], no [[Engenhão]]. Nesta rodada, o Corinthians empatou por 0 a 0 e o Vasco por 1 a 1. Com isso, o Corinthians sagrava-se penta campeão brasileiro, e Tite ganhava o seu primeiro Campeonato Brasileiro, seu segundo torneio nacional.
====Campeonato Paulista de Futebol de 2011====
Estreando com o [[Sport Club Corinthians Paulista|Corinthians]] no [[Campeonato Paulista de Futebol de 2011|Paulistão 2011]] em [[16]] de [[janeiro]] de [[2011]], o time venceu a [[Portuguesa de Desportos|Portuguesa]] por 2 a 0, com um gol impressionante de [[José Paulo Bezerra Maciel Junior|Paulinho]], aos [[11]] minutos do primeiro tempo, e um gol olímpico do veterano [[Roberto Carlos da Silva|Roberto Carlos]] aos [[19]] minutos do primeiro tempo, que acertou a rede em cobrança de escanteio, onde contou com três fatores para fazer o gol: o desvio de Paulinho para que não acabasse em seus pés e atrapalhasse o gol, a falta de atenção do goleiro lusitano [[Weverton Pereira da Silva|Weverton]], ex-jogador da [[Sport Club Corinthians Paulista|equipe alvinegra]], e a reposição de bola do gandula Rafael Nonato, que ajeitou a [[bola]] rapidamente para [[Roberto Carlos da Silva|Roberto Carlos]] cobrar o [[escanteio]].
 
Tite foi muito elogiado pela [[imprensa]] nacional por suas alterações decisivas nas últimas partidas, como as entradas de [[Ramírez]] e [[Adriano]], que culminaram com os gols das vitórias contra [[Ceará]] e [[Atlético-MG]], respectivamente. Além disso, a [[imprensa]] nacional elogiou Tite por promover duas grandes reformulações no elenco durante [[2011]]: após a desclassificação para o [[Deportes Tolima]], conseguindo ótima campanha no Paulistão, e após a perda do Campeonato Paulista para o [[Santos]], montando um grupo competitivo para o [[Brasileirão]]. Além disso, foi lembrada a persistência dele ao resistir durante os momentos de oscilação sofridos pela equipe ao longo do torneio.
Ao fim da partida, Tite e os jogadores do time foram aplaudidos pela vitória.
 
====Desempenho atual====
Seu desempenho atual no clube paulista em 69 partidas é de 37 vitórias, 18 empates e 14 derrotas, totalizando 62,31% de aproveitamento. Nesse período a equipe marcou 102 gols e sofreu 57, totalizando 45 gols de saldo.
Mesmo após críticas da imprensa e alguns torcedores que no decorrer do campeonato de 2011 pediram sua demissão, Tite leva o Corinthians ao seu 5º título brasileiro com determinação e bom desempenho com a equipe.
 
== Títulos ==
1 683

edições