Diferenças entre edições de "Departamento Nacional de Obras Contra as Secas"

m
Removendo "Castanhao.jpg", por ter sido apagado no Commons por MarcoAurelio: Copyright violation
m ("Psicultura" → piscicultura.)
m (Removendo "Castanhao.jpg", por ter sido apagado no Commons por MarcoAurelio: Copyright violation)
Dispõe a sua legislação básica tem por finalidade executar políticas do Governo Federal, no que se refere a beneficiamento de áreas e obras de proteção contra as secas e inundações, irrigação, radicação da população em comunidades de irrigantes e subsidiariamente, outros assuntos que lhe seja cometidos pelo Governo Federal, nos campos do saneamento básico, assistência às populações atingidas por calamidades públicas e cooperação com os Municípios, possuindo grande atuação no [[semi-árido]] do Nordeste e norte de [[Minas Gerais]].
 
 
[[Ficheiro:Castanhao.jpg|thumb|340px| Trecho do açude Castanhão, no Ceará, construído pelo DNOCS]]
 
O DNOCS realizou a construção de mais de 300 [[barragem|açudes]] públicos de médio e grande porte em toda a região semi-árida brasileira durante seus 100 anos de existência. Os açudes têm a função de estocar a água acumulada durante os períodos de chuvas para que possa ser utilizada nos períodos secos, em virtude da característica inerente ao clima semi-árido de possuir distribuição irregular de chuvas ao longo de um mesmo ano, e grandes flutuações no volume de precipitação de um ano para outro. A água acumulada nos açudes permite tornar perenes diversos [[Rio intermitente|rios intermitentes]]. Entre as maiores obras de engenharia do órgão incluem-se os açudes públicos do [[Açude Orós|Orós]] e do [[Açude Castanhão|Castanhão]], ambos no Estado do [[Ceará]], e o do [[Barragem Armando Ribeiro Gonçalves|Açu]], no [[Rio Grande do Norte]], todos com capacidade de armazenamento superior a 1 bilhão de [[metro cúbico|metros cúbicos]].