Diferenças entre edições de "Comunidade de Santo Egídio"

2 138 bytes adicionados ,  16h52min de 12 de dezembro de 2011
Acréscimos
(Em construção)
 
(Acréscimos)
{{catolicismo}}
A '''Comunidade de Santo Egídio''' é uma organização católica fundada em [[1968]] no bairro de [[Trastevere]] em [[Roma]], [[Itália]], sendo também conhecida como "a pequena ONU do Trastevere".<ref name="vatican"/><ref name="veja"/>
 
OA objetivo'''Comunidade dade comunidadeSanto Egídio''' é uma organização católica fundada em [[1968]] no bairro de [[Trastevere]] em [[Roma]], [[Itália]], sendo também conhecida como "a pequena ONU do Trastevere" pela dedicação aos pobres.<ref name="vatican">{{it}} Sítio Oficial do Vaticano/Livraria e Editora do Vaticano (2004). ''[http://www.vatican.va/roman_curia/pontifical_councils/laity/documents/rc_pc_laity_doc_20051114_associazioni_it.html#COMUNIT%C3%80%20DI%20SANT%E2%80%99EGIDIO Associazioni Internazionali di fedeli, Repertorio]'', acesso em 12 de deembro de 2011</ref><ref name="veja"/><ref name="cazzullo">{{it}} Cazzullo, Aldo (19 de dezembro de 2010). ''[http://archiviostorico.corriere.it/2010/dicembre/19/Sant_Egidio_diplomazia_dei_poveri_co_9_101219051.shtml Sant'Egidio, diplomazia dei poveri]''. ''[[Corriere della Sera]]'', acesso em 12 de dezembro de 2011</ref>
 
Fundada por [[Andrea Riccardi]], é formada por leigos e está presente em mais de 70 países.
 
==História==
[[Ficheiro:Sant'Egidio.jpg|thumbnail|esquerda|Igreja de Santo Egídio, em Roma, sede da comunidade]]
 
Em [[1968]], o estudante Andrea Riccardi reúne, no clima de renovação do [[Concílio Vaticano II]], um grupo de jovens católicos com o intuito de ouvir o [[Evangelho]] e colocá-lo em prática.<ref name="vatican"/>A partir daí, a comunidade cresceu no ambiente estudantil por meio de ações concretas em benefício dos marginalizados.<ref name="vatican"/>
 
Posteriormente, as atividades evangelizadoras na periferia romana levaram à formação da comunidade de adultos.<ref name="vatican"/>
Em [[1973]], a igreja de Santo Egídio em Trastevere, a primeira igreja da comunidade, começou a se dedicar à oração vespertina, prática que começou a acompanhar a vida de várias outras comunidades.<ref name="vatican"/>
 
Na segunda metade dos anos 70, a comunidade chegou a outras cidades italianas.<ref name="vatican"/>
 
Nos anos 80, a comunidade começou a se internacionalizar ao chegar à Europa, África, América e Ásia, e manteve a sua identidade original, como serviço aos pobres, defesa da dignidade humana, comunicação do Evangelho, amizade com imigrantes, doentes terminais, aidéticos, presidiários (especialmente condenados à morte), vítimas de guerra, dependentes de drogas, diversas formas de pobreza e defesa da paz.<ref name="vatican"/>
 
Em [[18 de maio]] de [[1986]], o pontífico conselho de leigos decretou a elevação da Comunidade de Santo Egídio como uma "associação internacional de fiéis de direito pontifício".<ref name="vatican"/>
 
Nos anos 90, a comunidade passou a desenvolver vários projetos como ''Viva os Idosos'', ''Escola do Evangelho'' (para adultos e famílias), ''Povo de Paz'' (para imigrantes). A comunidade está ligada a organizações não governamentais que desenvolvem iniciativas de cooperação e desenvolvimento em países como [[Kosovo]], [[Albânia]], [[El Salvador]] e [[Guatemala]].<ref name="vatican"/>
 
Em [[1992]], a comunidade contribuiu para o tratado de paz que acabou com a guerra civil em [[Moçambique]].<ref name="bah">Bah, Abdoulaye; Góes, Paula (14 de setembro de 2011). ''[http://pt.globalvoicesonline.org/2011/10/20/mocambique-a-luta-da-comunidade-de-santegidio-contra-o-hivaids/ Moçambique: A luta da comunidade de Sant'Egidio contra o HIV/AIDS ]'', acesso em 12 de dezembro de 2011</ref>
 
Em [[16 de novembro]] de [[2011]], o fundador Andrea Riccardi passou a integrar o governo italiano como ministro da Cooperação Internacional.<ref name="veja">Kaiser, Henning (16 de novembro de 2011). ''[http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/fundador-da-comunidade-de-santo-egidio-faz-parte-do-novo-gabinete-da-italia Fundador da Comunidade de Santo Egídio faz parte do novo gabinete da Itália]''. ''[[Revista Veja]]'', acesso em 12 de dezembro de 2011</ref>
O termo ''comunidade'' corresponde a uma exigência natural de fraternidade, especialmente em resposta à dispersão (familiar, profissional e civil) característica das grandes cidades modernas.<ref name="vatican"/>
 
De acordo com o portal oficial do Vaticano, "a amizade é um tratamento característico de Santo Egídio, tanto internamente, como também atitude de simpatia e atenção em nível mundial".<ref name="vatican"/>
 
Assim, o [[diálogo inter-religioso]] e ecumênico são algumas das marcas da Comunidade de Santo Egídio.<ref>{{it}} Martini, Carlo Maria (15 de junho de 1997). ''[http://archiviostorico.corriere.it/1997/giugno/15/Comunita_Sant_Egidio_esempio_per_co_0_97061516968.shtml La Comunita' di Sant' Egidio esempio per Chiesa e societa' tra preghiera e opera di pace]'', ''[[Corriere della Sera]]'', ''Riflessione'', p.11, acesso em 12 de dezembro de 2011</ref>
==Atividades==
 
A comunidade teve atuação em acordos de paz em países como [[Argélia]] e [[Burundi]].<ref name="cazzullo"/>
O objetivo da comunidade é <ref name="vatican">{{it}} Sítio Oficial do Vaticano/Livraria e Editora do Vaticano (2004). ''[http://www.vatican.va/roman_curia/pontifical_councils/laity/documents/rc_pc_laity_doc_20051114_associazioni_it.html#COMUNIT%C3%80%20DI%20SANT%E2%80%99EGIDIO Associazioni Internazionali di fedeli, Repertorio]'', acesso em 12 de deembro de 2011</ref>
 
==Atividades==
Entre suas atividades estão a administração de escolas de pintura, idiomas para imigrantes, creches, escolas para adolescentes, abrigos de idosos, ambulatórios médicos, centro de cuidados de doentes psiquicos etc.
 
Entre suas atividades estão a administração de escolas de pintura, idiomas para imigrantes, creches, escolas para adolescentes, abrigos de idosos, ambulatórios médicos, centro de cuidados de doentes psiquicos etc.<ref name="vatican"/>
 
Uma das suas características é a realização do almoço de Natal. Em [[2009]], o almoço contou com a presença do Papa Bento XVI como "gesto de solidariedade no clima do Natal como forma de resgate da dignidade dos seres humanos e tantos 'fantasmas' que diariamente vagam pelas ruas da cidade em busca de sobrevivência em meio à indiferença da maioria".<ref>{{it}} ''[[Corriere della Sera]]'' (27 de dezembro de 2009). ''[http://roma.corriere.it/roma/notizie/cronaca/09_dicembre_27/papa-pranzo-santegidio-1602211434545.shtml Esplora il significato del termine: Benedetto XVI a pranzo con i poveri «Nessuno sia solo ed emarginato»]'', ''Roma/Cronaca'', acesso em 12 de dezembro de 2011</ref>
===Países lusófonos===
 
Em países lusófonos, a comunidade tem especial atuação na recuperação de tuberculosos em [[Guiné Bissau]] e na prevenção contra a [[Aids]] e assistência de aidéticos em [[Moçambique]] por meio do desenvolvimento do programa Dream (''Drug Resource Enhancement against AIDS and Malnutrition'').<ref name="vatican"/><ref name="bah"/>
 
{{referências|col=2}}
 
==Ligações externas==
* [http://www.santegidio.org/ Portal oficial da comunidade]
 
[[Categoria:Organizações de leigos católicos]]
[[Categoria:Ecumenismo e diálogo inter-religioso]]
 
[[ca:Comunitat de Sant Egidi]]
5 709

edições