Diferenças entre edições de "Chiara Lubich"

4 bytes adicionados ,  01h06min de 13 de dezembro de 2011
m
sem resumo de edição
m
* {{Link||2=http://www.vatican.va/holy_father/benedict_xvi/letters/2008/documents/hf_ben-xvi_let_20080318_chiara-lubich_po.html |3= |4=,[http://www.vatican.va/roman_curia/secretariat_state/card-bertone/2008/documents/rc_seg-st_20080318_chiara-lubich_po.html]}}
 
[[André Riccardi]], da [[Comunidade de Santo Egídio]], exprime, como fundador, uma impressão pessoal: «Chiara me ensinou a dignidade do carisma, que é o que de mais precioso temos». E acrescenta: «Chiara é de todos: é da Igreja, é também das pessoas de outras religiões, Chiara é do mundo, porque foi de Jesus. Agora que está em silêncio devemos aprender a escuta-la melhor e poderemos escuta-la se estivermos em unidade entre nós».
 
[[Salvatore Martinez]], coordenador italiano da Renovação Carismática afirmou: «A herança de Chiara é uma herança de amor marcada por uma maternidade espiritual pela qual todos nós, leigos, lhe somos gratos». Deteve-se no testemunho desta mulher «que não se rende diante dos desafios da secularização e das contraposições culturais, ideológicas e religiosas».
5 709

edições