Décimo quarto Concílio de Toledo: diferenças entre revisões

m
sem resumo de edição
m
m
O '''Décimo- quarto Concílio de Trento''' foi um [[concílios nacionais, regionais ou plenários|concílio regional]] que se reuniu em [[Toledo (Espanha)|Toledo]] em [[684]].
 
Os trabalhos do [[Décimo- terceiro Concílio de Toledo]] encerram em [[13 de Novembro]] de [[683]], e pouco depois chegou à cidade um enviado do [[Papa]] [[Papa Leão II|Leão II]] com diversas cartas para o rei [[Ervígio]], para o conde Simplício, para todos os bispos e para o [[Metropolita]] de Toledo, pelas quais os convidava a todas a aceitar as resoluções do [[III Concílio de Constantinopla]] (VI Concílio Ecuménico), que condenara o [[monotelismo]]. Dever-se-ia ter celebrado um novo concílio, mas por se ter recentemente terminado um convocou-se apenas um [[sínodo]] dos bispos da [[Cartaginense]].
 
O sínodo ficou conhecido como '''XIV Concílio de Toledo''' e teve lugar entre [[14 de Novembro]] e [[20 de Novembro]] de [[684]]. Assistiram todos os bispos da [[Cartaginense]] e os metropolitas das outras províncias, além de um bispo da [[Tarraconense]], outro da [[Narbonense]] e outro ainda da [[Galécia]]. Os respectivos sínodos provinciais tinham aprovado as resoluções do VI Concílio Ecuménico, o que foi reiterado por este XIV Concílio.
239 620

edições