Diferenças entre edições de "Yaquis"

Sem alteração do tamanho ,  14h55min de 29 de dezembro de 2011
m (clean up e ajustes utilizando AWB)
Há um pequeno bairro Yaquis chamado Penjamo em [[Scottsdale]], AZ. Existe também a “California Yaqui Association” no [[Condado de Fresno]], CA e um pequeno grupo em [[Presidio (Texas)]].<ref>http://www.texashiaki.webs.com</ref> Em 2008 eram, no total, 11.324 eleitores registrados nas tribos Yaquis.<ref>http://www.azstarnet.com/sn/byauthor/242134</ref>
 
==O obscuro legado dode Carlos Castañeda==
 
Um dos mais controversos temas relativos aos Yaquis foi o fenômeno literário místico da obra dos escritor [[Carlos Castañeda]] sob formato de uma tese de graduação em antropologia na [[UCLA]] sobre os "yerberos" do estado do [[Arizona]] (EUA) e Sonora no México onde supostamente vivia o seu informante e iniciador no uso de plantas psicoativas. <ref>CASTANEDA Carlos The teachings of don Juan: a yaqui way of knowledge. LA, University of California Press, 1998. (traduzido no Brasil como "[[A erva do diabo]]").</ref> Entre as contestações da veracidade de sua obra como estudo de antropologia, está o distanciamento desta do formato acadêmico, tipo: ausência das tradicionais lista de outras plantas em língua yaqui, com respectiva descrição [[Etnomedicina|etnomédica]], já que tratava-se de um estudo com vendedores de ervas (yerberos), ou mesmo a coerência e presença do uso ritual do [[peiote]] e outras referidas plantas nessa etnia. Sequer inclui referências históricas à documentos e descrições sua proibição/ substituição de tais plantas ou símbolos por os utilizados na atual religião e cosmologia yaqui. Observe-se também a semelhança das descrições do Castañeda com descrições de estudos clássicos dos [[tolteca]]s, como se disse, é coerente com a literatura disponível na biblioteca da UCLA e não com estudos de campo. <ref>MARSHALL, Robert. The dark legacy of Carlos Castaneda. APRIL 12. 2007 [http://www.kockicica.org/blog/the-dark-legacy-of-carlos-castaneda Kockičicin iBlob] Dez. 2011</ref>