Diferenças entre edições de "Evangelho segundo Marcos"

1 byte removido ,  04h03min de 5 de janeiro de 2012
(Desfeita a edição 28235190 de Jbribeiro1)
 
=== Significado da morte de Jesus ===
O Evangelho de Marcos retrata a [[Crucifixão de Jesus|morte de Jesus]] como um sacrifício expiatório pelo [[pecado]]<ref name="Jesus, Interrupted">[[[Bart D. Ehrman]]. ''Jesus, Interrupted''. HarperCollins: 2009;</ref>. A cortina do Templo, que servia como uma barreira entre a santa presença de divina e o mundo profano, rasga no momento da morte de Jesus - simbolizando o fim da divisão entre o homem e Deus<ref name="Jesus, Interrupted"/>.
 
A única menção explícita do significado da morte de Jesus ocorre em {{Citar bíblia|livro =Marcos|capítulo= 10|verso=45}}, onde [[Jesus]] diz que o ''Filho do Homem não veio para ser servido mas para servir e dar a sua vida em resgate (lutron) de muitos (anti Pollon)''. De acordo com Barnabé Lindars, este versículo refere-se a canção do servo sofredor de [[Livro de Isaías|Isaías]], com ''lutron'' referindo-se à "oferta pelo pecado" ({{Citar bíblia|livro =Isaías|capítulo= 53|verso=10}}) e ''anti Pollon'' ao Servo "carregando o pecado de muitos", em {{Citar bíblia|livro =Isaías|capítulo= 52|verso=12}}<ref>Barnabas Lindars. ''Salvation Proclaimed'', VII: Mark 10:45 – ''A Ransom for Many Expository Times 93'', 1982 (p. 293);</ref>. A palavra grega ''anti'' significa "no lugar de", que indica uma morte substitutiva<ref>George Eldon Ladd. ''Teologia do Novo Testamento''. São Paulo: Hagnos, 2003;</ref>.
514

edições