Abrir menu principal

Alterações

2 787 bytes adicionados ,  01h49min de 10 de janeiro de 2012
I GP novas seções e mais referências
A técnica da queima do barro ou terra queimada (do grego "''kéramos''") já era de conhecimento dos índios aborígines que viviam nas terras do atual território brasileiro e quando os portugueses colonizaram a então [[Ilha de Vera Cruz]], nada de novo trouxeram, restringindo-se apenas a estruturar e concentrar a [[mão-de-obra]]. A modernização da técnica no [[Brasil Colônia|Brasil colônial]] ocorreu com a ajuda dos [[jesuítas|padres jesuítas]], que transformam o rudimentar processo numa produção seriada, quando introduzem o uso dos tornos e das rodadeiras<ref name="UFMG"/>
<ref>[http://www.biblioteca.sebrae.com.br/bds/bds.nsf/39E94CC638E47777832574DC00466424/$File/NT00039076.pdf Produtos em Cerâmica] Biblioteca do Sebrae - acessado em 9 de janeiro de 2012</ref>.
 
===Europa===
Existem peças de cerâmica ([[artesanato]]) encontradas em terra que na atualidade fazem parte do continente europeu que datam de [[Sexto milénio a.C.|6.000]] a.C<ref name="Sureda">SUREDA, 1988, p.89</ref>, mas somente em [[Segundo milénio a.C.|1.200]] a.C é que são fabricados os primeiros tíjolos na [[Europa]], indicando assim, a provável data do surgimento das primeiras oficina de oleiro no [[velho continente]]<ref name="CEREST">[http://www.cerest.piracicaba.sp.gov.br/site/images/Manual-finalizado.pdf Manual de Prevenção de Acidentes e Doenças do Trabalho nas Olarias e Cerâmicas Vermelhas de Piracicaba e Região] Centro de Referência em Saúde do Trabalhador - Piracicaba - acessado em 9 de janeiro de 2012</ref>.
 
==Processo fabril em uma olaria==
A oficina de oleiro, aos moldes das olarias primitivas, possuem a simplicidade como principal característica, totalmentebem diferente da produção em escala industrial.
 
Após coletado a matéria prima (barro ou argila), o mesmo fica exposto ao sol por determinado período para a [[decomposição]] de [[Matéria orgânica|material orgânico]]. Em seguida ocorre a modelagem do artefato desejado e logo após é estocado por um novo período para a secagem (eliminação do excesso de umidade) do mesmo. O processo final é o cozimento da peça em fornos ou em caieiras<ref>[http://www.ceramicanorio.com/glossario.html C - Caieira] Site Cerâmica no Rio - acessado em 9 de janeiro de 2012</ref><ref>[http://www.oflorense.com.br/interna_noticias.php?id=1025&secao=6 Como funciona uma olaria] Jornal O Florense - acessado em 9 de janeiro de 2012</ref>.
 
==Riscos==
No Brasil contemporâneo ocorre uma concentração de olarias no interior do país ou em zonas rurais. Em sua maioria, esta fábricas, afastadas dos grandes pólos industrias, possuem características semelhantes umas as outras, por serem rústicas, centenárias e predominantemente familiares<ref name="CEREST"/>.
 
===Saúde===
Os riscos ocupacionais a saúde do trabalhador em olaria torna-se presente quando as técnicas e as atividades são recorrentes e análogas as condições de trabalho praticadas em olarias do final do [[século XIX]] ou início do [[século XX]], pois neste período não utilizavam-se os [[Equipamento de proteção individual|EPI]]'s recomendados, como luvas, botas e capacetes ou [[Equipamentos de proteção coletiva|EPC]]'s, tornando-se grande a lista de problemas ao trabalhadores, como: deformidades nos dedos, [[varizes]], problemas respiratórios, irritação nos olhos causados pela exposição direta à fumaça, [[Lumbago|lombalgias]], [[escolioses]], sifoses, perda auditiva, [[Dermatose ocupacional|dermatose]], problemas de pele, [[LER]] (lesão por esforço repetitivo), entre outros. O uso de EPI e EPC é fundamental nas olarias, assim como adaptar novas equipamentos em fabricas seculares e rústicas, como vagonetes para o transporte pesado, esteiras, estufas, etc<ref name="CEREST"/>.
 
===Meio Ambiente===
Outro risco em potencial nas velhas olarias é para com o meio ambiente, podendo estas ocasionar desastres ambientais ou contribuir na [[poluição]] da região. Locais como os barreiros (local de extração da argila), os pátio de armazenamento da matéria prima ou no processo fabril, como no cozimento do produto em antigos fornos a lenha ou em fornos sem equipamentos adequados (de tratamento e filtro do ar), podem trazer sanções penais e administrativas aos proprietários, além de causar um impacto ambiental para a comunidade em geral<ref name="CEREST"/>.
 
== {{Ver também}} ==
==Bibliografia==
* '''ENCICLOPÉDIA Magister'''. Brasília: Editora Amazonas Ltda., 1980. 4 v
* SUREDA, Joan. '''Historia Universal del Arte:Las Primeras Civilizaciones'''. Barcelona, Ed. Planeta, 1988
 
{{commonscat|Pottery}}
 
637

edições