Diferenças entre edições de "Diapasão"

70 bytes removidos ,  23h19min de 15 de janeiro de 2012
m
Revertidas edições por Nelmindo para a última versão por Salebot, de 15h25min de 18 de novembro de 2011 (UTC)
m (Revertidas edições por Nelmindo para a última versão por Salebot, de 15h25min de 18 de novembro de 2011 (UTC))
{{Reciclagem|data=Março de 2008}}
[[Ficheiro:Stimmgabel.jpg|thumb|right|100px|um diapasão]]
'''Diapasão''' é um instrumento metálico em forma de [[forquilha]], que serve para afinar instrumentos e vozes através da vibração de um som musical de determinada altura. Foi inventado por [[John Shore]] ([[1662]]–[[1752]]) em 1711, [[trompetista]] de [[Georg Friedrich Haendel]]. A forquilha é afinada em uma determinada frequência (atualmente o mais comum é o [[Lá (nota musical)|Lá]] de 440 [[Hz]]). Ao ser golpeado contra uma superfície, as duas extremidades da forquilha do diapasão vibram produzindo a nota que será utilizada para afinar o instrumento musical. Em geral, é necessário encostar a outra extremidade do diapasão na caixa de ressonância do instrumento para amplificar seu som e permitir que seja ouvido à distância. O mesmo efeito pode ser conseguido se a extremidade do diapasão for encostada na [[caixa craniana]] próximo à [[orelha]]. Com as mesmas finalidades, existe também o diapasão de sopro, normalmente utilizado para afinar [[guitarra]]s e outros instrumentos de cordas. Esses diapasões são como pequenas [[gaita]]s, que têm uma [[palheta (sopros)|palheta]] afinada para a altura de cada corda do instrumento a afinar. São conhecidos por LáMiRé, pelas três ou mais notas que produzem.
 
'''Diapasão''' - Característica de um [[som]] determinada pela [[frequência]] de [[vibração]] das [[ondas sonoras]]. Os sons agudos têm frequências mais altas do que os sons graves. Quando um violinista afina seu [[instrumento musical|instrumento]], ajusta cada corda de maneira que vibrem um certo número de vezes por segundo. Na realidade, a maioria dos sons que ouvimos é uma mistura de várias frequências. Os sons produzidos por um [[instrumento musical]], um [[apito]] ou uma [[sirene]] têm várias frequências ao mesmo tempo. A frequência mais baixa, chamada fundamental, é considerada a frequência da nota musical. A fundamental é produzida pela vibração do objeto de acordo com o comprimento, massa ou outras características físicas. As frequências mais altas, chamadas harmónicas, são produzidas por vibrações secundárias desse corpo. As frequências harmônicas são múltiplos inteiros da frequência fundamental.
4 814

edições