Châteauneuf-du-Pape (vinho): diferenças entre revisões

m
Checkwiki + ajustes
m (r2.7.1) (Bot: Adicionando: he:יין שאטונף-די-פאף)
m (Checkwiki + ajustes)
[[ImagemFicheiro:Cndupape-wine.jpg|thumb|250px|Vinha e ''château'' perto de Châteuneuf-du-Pape.]]
[[ImagemFicheiro:Vaucluse-Position.png|thumb|A zona vinícola de Châteauneuf-du-Pape localiza-se no departamento de [[Vaucluse]], no sudeste de [[França]].]]
'''Châteauneuf-du-Pape''' é uma [[AOC]] de [[vinho]], nas imediações da localidade de [[Châteauneuf-du-Pape]] no [[Ródano]] meridional, no sudeste de [[França]].
 
É a denominação mais cohecida da parte sul do vale do [[Ródano]]. As vinhas localizam-se em torno de Châteauneuf-du-Pape e das localidades vizinhas de [[Bédarrides]], [[Courthézon]] e [[Sorgues]], entre [[Avinhão]] e [[Orange (Vaucluse)|Orange]], e cobrem pouco mais de 3.200 hectares. Aqui se produzem cerca de 110.000 hectolitros de vinho por ano.<ref>H. Johnson and J. Robinson. ''The World Atlas of Wine'', pág. 136. Mitchell Beazley Publishing, 2005. ISBN 1-84000-332-4</ref>. Produz-se mais vinho nesta zona do que em todo o Ródano setentrional junto.<ref>K. MacNeil. ''The Wine Bible'', pág. 248. Workman Publishing, 2001. ISBN 1-56305-434-5</ref>.
 
Ao contrário dos seus vizinhos do Ródano setentrional, o Châteauneuf-du-Pape permite treze variedades de uva e a mistura está dominada normalmente pela [[grenache]]. As outras uvas tintas são [[cinsault]], [[counoise]], [[mourvèdre]], [[muscardin]], [[syrah]], [[terret noir]] e [[vaccarèse]]. Entre as uvas brancas incluem-se a [[grenache blanc]], [[bourboulenc]], [[clairette]], [[picardin]], [[roussanne]] e [[picpoul]]. Nos últimos anos a tendência tem sido ir incluindo menos, ou até nenhuma, das variedades brancas permitidas, e confiar principalmente (ou exclusivamente) na grenache, na mourvèdre e na syrah.
 
Antes do crítico de vinhos [[Robert M. Parker]] ter começado a promovê-los nos [[Estados Unidos]],<ref name="FW">{{citar web|url=http://www.foodandwine.com/articles/a-crush-on-chateauneuf-du-pape|titulo=Food and WIne - A Crush on Châteauneuf-du-Pape|acessodata=14/04/2009}}</ref>, os vinhos de Chateauneuf eram considerados rústicos e eram muito pouco consumidos. No entanto, o seu crescente consumo fez com que os preços quadruplicassem no decurso da última década.
 
Em [[1995]], Parker foi a terceira pessoa a receber o título de [[cidadão honorário]] do vilarejo. As duas outras pessoas foram os franceses [[Frédéric Mistral]] e [[Marcel Pagnol]]. <ref name="ND">{{citar web|url=http://www.notasdedegustacao.com.br/biografiarobertparker.htm|titulo=Notas de degustação - Robert Parker - Biografia|acessodata=14/04/2009}}</ref>
 
{{ref-section}}
 
=={{Ver também}}==
*[[Mondovino]]
 
{{Referências}}
 
== {{Ver também}} ==
* [[Mondovino]]
 
{{esboço-vinhos}}
 
{{DEFAULTSORT:Chateauneuf Du Pape (Vinho)}}
[[Categoria:Vinhos da França]]
 
718 366

edições