Diferenças entre edições de "Discussão:Movimento ex-gay"

1 070 bytes adicionados ,  14h20min de 31 de janeiro de 2012
::Não conheço dados sobre a CPI da pedofilia e você não os apresentou.
::[[Usuário:Chicocvenancio|Chico]] ([[Usuário Discussão:Chicocvenancio|discussão]]) 22h15min de 30 de janeiro de 2012 (UTC)
 
:: (1) Estou a discutir o artigo, mas o caso do garoto é um caso, o que é pertinente a uma discutissão sobre o assunto. Não se trata de definição, nem de comportamento padrão. O grupo LIA é basicamente religioso. O menino ser "obrigado" a ir foi uma decisão dos pais. Isso é discutir o assunto. Faz sentido em um artigo sério sobre, por exemplo, o STF. Todos devem ter reputação ilibada, mas podemos discorrer sobre alguns não terem? Creio que isso caberia a uma reportagem, não a um artigo. Sobre a CPI, o documento é público. Ele mostra que jovens homossexuais se infiltram em escolas para aliciar outros jovens. Todos fazem assim, não. Todos os pais obrigam seu filho adolescente a ir em uma reunião? Não. O assunto é pertinente a um artigo? A resposta é a mesma. (2) Outro ponto é a questão da insinuação e o ataque à NARTH. Mesmo na parte das controversias não se trata da NARTH, mas de posicionamente quanto à terapia. --[[Usuário:Eduamf|Eduamf]]<sup>[[Usuário Discussão:Eduamf|Msg]]</sup> 14h20min de 31 de janeiro de 2012 (UTC)
317

edições