Diferenças entre edições de "Bula da Cruzada"

26 bytes adicionados ,  05h04min de 1 de fevereiro de 2012
m
Checkwiki + ajustes
m
m (Checkwiki + ajustes)
'''Bula da Cruzada''', ou '''Bula da Santa Cruzada''', foi a designação dada às sucessivas concessões de [[indulgência]]s aos fiéis da [[Igreja Católica]] em [[Portugal]] e suas possessões que contribuíssem com os seus bens para fins considerados como de interesse para a expansão do [[Catolicismo]].
 
Inicialmente criada no tempo da [[Reconquista Cristã]] no território português, permitia a concessão de indulgências a quem ajudasse com os seus bens na luta contra os [[sarrace­no]]s, nos mesmos termos que eram concedidas a quem apoiasse as [[cruzada]]s na [[Terra Santa]].
 
Terminada a re­con­quis­ta, a concessão de indulgências contra pagamento para a Bula da Cruzada manteve-se, passando os rendimentos obtidos a ser aplicados na ma­nu­ten­ção das ordens militares, nas conquistas ultramarinas e no resgate de cativos.
 
A Bula da Cruzada foi extinta a [[31 de Dezembro]] de [[1914]], pelo [[papa Bento XV]], que a substituiu pelos Indultos Pontifícios (mas que o povo continuou a chamar ''bula''), cujos rendimentos eram utilizados para a fundação e manutenção de [[seminário]]s. Esse indultos foram extintos em [[1966]] com a disciplina penitencial decretada pela Constituição Apostólica ''Paenitemini''.
{{esboço}}
 
{{DEFAULTSORT:Bula Cruzada}}
[[Categoria:Bulas|C]]
[[Categoria:História da Igreja Católica]]
718 366

edições