Diferenças entre edições de "Carro sobre lagarta anfíbio"

165 bytes adicionados ,  00h53min de 2 de fevereiro de 2012
m
Checkwiki + ajustes
m (r2.6.4) (Robô: A adicionar: ca:Vehicle d'assalt amfibi)
m (Checkwiki + ajustes)
{{Info/Arma
| nome = Carro sobre Lagarta Anfíbio
| imagem = [[FileFicheiro:USMarines AAV Iraq apr 2004 116 hires.jpg|300px]]
| legenda = ''Clanf dos [[United States Marine Corps]] em [[Fallujah]], [[Iraque]]''
| origem = {{USA}}
| tipo = [[Veículo blindado de transporte de pessoal]]
<!-- Secção tipo -->
| é_arma =
| é_lamina =
| é_explosivo =
| é_artilharia =
| é_veiculo = Sim
| é_missil =
<!-- História operacional -->
| serviço = [[1972]] - Presente
| usado_por = {{USA}}<br />{{ARG}}<br />{{BRA}}<br />{{ITA}}<br />{{KOR}}<br />{{ROC}}<br />{{SPA}}<br />{{THA}}<br />{{VEN}}<br />{{IDN}}
| guerras =
<!-- Histórico de produção -->
| criador =
| data_da_criaçao =
| fabricante =
| custo_unitario =
| data_de_produçao =
| quantidade =
| variantes =
<!-- Especificações -->
| etiqueta_especif =
| peso = 29,1 [[tonelada|ton]]
| comprimento =
| comprimento_parte =
| largura =
| altura =
| diametro =
| tripulaçao = 3+25
<!-- Especificações de armas de fogo -->
| cartucho =
| calibre =
| cano_disparo =
| açao =
| cadencia =
| velocidade_saida =
| alcance =
| alcance_maximo =
| suprimento =
| mira =
<!-- Especificações de artilharia -->
| culatra =
| recuo =
| deslocamento =
| elevaçao =
| movimento_transversal =
<!-- Especificações de armas de lâmina -->
| tipo_lamina =
| tipo_empunhadura =
| tipo_bainha =
| tipo_ponta =
| tipo_punho =
<!-- Especificações de explosivos -->
| carga_explosiva =
| peso_cargaexplo =
| detonador =
| poderexplo =
<!-- Especificação veículo/míssil -->
| blindagem =
| armamento_primario =
| armamento_secundario =
| motor =
| potencia_motor =
| relaçao_potencia =
| transmissao =
| capacidade_carga =
| suspensao =
| curso =
| envergadura =
| propelente =
|capacidade_combustivel =
| alcance_veiculo =
| teto =
| altitude =
| impulso =
| velocidade =
| orientaçao =
| direçao =
| precisao =
| plataforma_lançamento =
| transporte =
}}
O '''Carro sobre Lagarta Anfíbio'''<ref>{{citeCitar web|url=http://www.marcorsyscom.usmc.mil/sites/aav/ |titletítulo=Assault Amphibious Vehicle Systems (AAVS) |publisherpublicado= Marine Corps Systems Command |datedata=2009-03-19 |accessdateacessodata=2010-08-04}}</ref> ('''CLAnf'''), designação oficial '''AAV-7A1''' (anteriormente conhecido como '''LVT-7''') é um [[veículo blindado de transporte de pessoal]] desenvolvido pela [[BAE Systems]] nos [[Estados Unidos da América]].
 
O '''Carro sobre Lagarta Anfíbio'''<ref>{{cite web|url=http://www.marcorsyscom.usmc.mil/sites/aav/ |title=Assault Amphibious Vehicle Systems (AAVS) |publisher= Marine Corps Systems Command |date=2009-03-19 |accessdate=2010-08-04}}</ref> ('''CLAnf'''), designação oficial '''AAV-7A1''' (anteriormente conhecido como '''LVT-7''') é um [[veículo blindado de transporte de pessoal]] desenvolvido pela [[BAE Systems]] nos [[Estados Unidos da América]].
 
O AAV-7A1 é o transporte anfíbio de [[Soldado|tropas]] atual do [[Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos]] (em inglês: ''United States Marine Corps''). É utilizado pelos [[Batalhões de Assalto Anfíbio]] do USMC para desembarcar as forças de assalto e os seus equipamentos, durante as operações anfíbias para atingir os objetivos terrestres, e para conduzir operações mecanizadas e prover apoio ao combate, em subseqüentes operações mecanizadas em terra. Também são utilizados por outras forças armadas. Os Marines dos EUA os chamam de ''amtracks''.
 
== Histórico de Combate ==
[[FileFicheiro:AAV-Nsry.jpg|thumb|leftesquerda|Um ''AAV-7A1'' destruído durante a Batalha de Nasiriyah.]]
 
Cerca de 20 LVTP-7s construídos nos [[Estados Unidos]], foram utilizados ​​pela [[Argentina]] durante a [[Operação Rosário]] (invasão das [[ilhas Falklands]] em 1982), com todos os veículos retornando para o continente argentino antes do fim da guerra. De 1982 a 1984, os LVT-7s foram implantados com os ''United States Marine Corps'' como parte da [[Força Multinacional no Líbano]]. Conforme os Marines se tornaram cada vez mais envolvidos nas hostilidades, vários veículos sofreram danos menores a partir de estilhaços e pequenas armas de fogo. Em 25 de outubro de [[1983]], os LVT-7s dos USMC realizaram um desembarque anfíbio de grande sucesso na ilha de [[Granada (país)|Granada]], como parte da [[Invasão de Granada|Operação Urgent Fury]]. Foram muito utilizados na [[Guerra do Golfo]] de [[1991]] e na [[Invasão do Iraque em 2003]], e tem sido criticado por oferecer pouca proteção para a tripulação e os soldados, em comparação com outros veículos, como o M2 Bradley. Oito deles foram desativados ou destruídos durante a [[Batalha de Nasiriyah]], onde enfrentaram [[Lança-granadas-foguete|RPGs]], [[Morteiro|morteirosmorteiro]]s, [[Carro de combate|carros de combate]], e [[artilharia]]. Pelo menos um veículo foi destruído pelo fogo amigo de aviões de ataque [[A-10 Thunderbolt II|A-10 Warthog]]. AAV-7A1s também foram utilizados ​​extensivamente na [[Unified Task Force]].
[[File:AAV-Nsry.jpg|thumb|left|Um ''AAV-7A1'' destruído durante a Batalha de Nasiriyah.]]
 
Cerca de 20 LVTP-7s construídos nos [[Estados Unidos]], foram utilizados ​​pela [[Argentina]] durante a [[Operação Rosário]] (invasão das [[ilhas Falklands]] em 1982), com todos os veículos retornando para o continente argentino antes do fim da guerra. De 1982 a 1984, os LVT-7s foram implantados com os ''United States Marine Corps'' como parte da [[Força Multinacional no Líbano]]. Conforme os Marines se tornaram cada vez mais envolvidos nas hostilidades, vários veículos sofreram danos menores a partir de estilhaços e pequenas armas de fogo. Em 25 de outubro de [[1983]], os LVT-7s dos USMC realizaram um desembarque anfíbio de grande sucesso na ilha de [[Granada (país)|Granada]], como parte da [[Invasão de Granada|Operação Urgent Fury]]. Foram muito utilizados na [[Guerra do Golfo]] de [[1991]] e na [[Invasão do Iraque em 2003]], e tem sido criticado por oferecer pouca proteção para a tripulação e os soldados, em comparação com outros veículos, como o M2 Bradley. Oito deles foram desativados ou destruídos durante a [[Batalha de Nasiriyah]], onde enfrentaram [[Lança-granadas-foguete|RPGs]], [[Morteiro|morteiros]], [[Carro de combate|carros de combate]], e [[artilharia]]. Pelo menos um veículo foi destruído pelo fogo amigo de aviões de ataque [[A-10 Thunderbolt II|A-10 Warthog]]. AAV-7A1s também foram utilizados ​​extensivamente na [[Unified Task Force]].
 
== {{Ver também}} ==
 
* [[Batalhão de Viaturas Anfíbias]]
* [[3rd Assault Amphibian Battalion]]
 
{{Referências}}
 
== {{Ligações externas}} ==
* {{Link||2=http://www.baesystems.com |3=BAE Systems}}
 
* [{{Link||2=http://www.baesystemsmarines.com BAE|3=United Systems]States Marine Corps}}
* [http://www.marines.com United States Marine Corps]
 
{{Commons category|Amphibious Assault Vehicle}}
 
{{DEFAULTSORT:Carro Sobre Lagarta Anfibio}}
{{referências}}
 
[[Categoria:Veículos blindados de transporte de pessoal]]
[[Categoria:Equipamentos militares do Brasil]]
718 366

edições