Diferenças entre edições de "Furna de Água"

5 bytes adicionados ,  16h36min de 7 de fevereiro de 2012
m
clean up e ajustes utilizando AWB
m
m (clean up e ajustes utilizando AWB)
 
Os túneis que foram a gruta tem 28 e 54 metros respectivamente.
A largura da gruta varia entre os 9,7 metros e os 0,5 sendo a sua altura máxima de 9 metros.. <ref> {{citecitar web|url=http://www.speleoazores.com/patrimonio.php?pageNum_patrimonio=2&totalRows_patrimonio=250 |titletítulo=Inventário do Património Espeleológico dos Açores |accessdateacessodata=2009-12-03 |publisherpublicado=GESPEA - Grupo de Trabalho para o Estudo do Património Espeleológico dos Açores }}</ref>
 
Esta gruta teve origem num derrame de lava que transbordou da Caldeira Guilherme Moniz e que escorreu em direcção à freguesia da [[Feteira]]. Segundo estudos este acontecimento terá ocorrido áa cerca de 2.000 anos.
 
As [[lava]]s bastante fluidas aos escorrerem e ao deixar de ser abastecido na sua origem o rio de lava formou-se um túnel oco deixado após a passagem da última escoada lávica.
 
Durante a sua formação terá havido estrangulamento da corrente de lava no local correspondente ao inicioinício da gruta, facto que separou esta gruta da Gruta dos Ratos ali próxima.
 
Esta gruta apresenta bancadas de lava, [[estalactite]]s de refusão, lava do tipo "pão de milho" e lava aa na crista central do chão da gruta.
*[[Furna do Poio]]
 
{{ref-sectionreferências}}
 
=={{Bibliografia}}==
*Áreas Ambientais dos Açores, Livro da Secretaria Regional do Ambiente e do Mar., 2005
 
162 162

edições