Diferenças entre edições de "Gavião-pombo-pequeno"

51 bytes adicionados ,  02h14min de 11 de fevereiro de 2012
m
Checkwiki + ajustes
m (r2.6.4) (Robô: A adicionar: sv:Vitnackad vråk)
m (Checkwiki + ajustes)
{{semimagem-taxo}}
{{Info/Taxonomia
{{taxocaixa
| cor = pink
| nome = Gavião-pombo-pequeno
| estado = VU
| reino = [[Animalia]]
| filo = [[Chordata]]
| classe = [[Aves]]
| ordem = [[Accipitriformes]]<ref>{{citar web|url=http://www.worldbirdnames.org/n-raptors.html|título=Raptors|acessodata=13 de Outubro de 2010|obra=IOC World Bird List|língualíngua2=Inglêsen}}</ref>
| ordem_autoridade = <s>[[Falconiformes]]</s>
| família = [[Accipitridae]]
| género = ''[[Leucopternis]]''
| binomial_autoridade = ([[Temminck]], 1827)
}}
 
O '''gavião-pombo-pequeno''' (''Leucopternis lacernulata'') é um [[gavião]] da família dos acipitrídeos. Também é conhecido pelo nome de '''gavião-pomba'''.
 
== Características ==
Possui a cabeça e partes inferiores do corpo de cor branco-puro, em vôo pode ser confundido com pombos, o dorso é anegrado. As asas têm desenho negro na face ventral, sendo também negra na face dorsal. Cauda curta e branca, com base estreita e faixa anteapical negra. Por causa da cor branco-puro a espécie destaca-se à distância. Possui 43 a 52cm52&nbsp;cm de comprimento, envergadura 96cm96&nbsp;cm, asa 295mm, cauda 157mm, bico 23mm e tarso 85mm.
 
== Alimentação ==
Alimenta-se de aranhas, pequenas cobras, roedores, pequenos mamíferos, lagartixas, insetos, aves e mocós. Forrageia animais espantados no solo por formigas-de-correição e por bandos de macacos ou quatis que servem de “batedores”.
 
== Reprodução ==
Na época da reprodução faz o ninho com galhos secos no alto das árvores.
 
== Hábitos ==
Habita florestas na vertente atlântica, pode ser observado empoleirado na orla da mata ou sobrevoando a pouca altura as florestas da Serra do Mar.
 
== Distribuição Geográfica ==
Ocorre na Floresta Atlântica do Brasil Oriental até Santa Catarina. Também em Alagoas, Paraíba, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Minas Gerais e no Espírito Santo. No Paraná é considerada espécie rara com pouquíssimos registros, todos eles na floresta atlântica, onde parece preferir as regiões primitivas.
 
{{Referências}}
 
{{DEFAULTSORT:Gaviao Pombo Pequeno}}
[[Categoria:Gaviões]]
[[Categoria:Leucopternis]]
718 366

edições