Abrir menu principal

Alterações

88 bytes removidos, 20h09min de 15 de fevereiro de 2012
Que ironia??
 
 
A morte de ''Gonchi'' causou comoção no Uruguai, um país visto como uma potência menor no automobilismo, entalado entre a Argentina e o Brasil. Seu funeral foi seguido por mais de cinco mil pessoas em Montevidéu, sua cidade natal, que viam ali enterradas as esperanças de aquele que poderia ter sido o quarto uruguaio na F-1, depois de [[Eitel Cantoni]], [[Óscar González]] e [[Alberto Uria]]. Ironicamente, o uruguaio faleceu exatamente 21 anos depois do sueco [[Ronnie Peterson]].
 
[[Categoria:Pilotos de automóvel do Uruguai]]