Diferenças entre edições de "Partido dos Trabalhadores do Curdistão"

119 bytes adicionados ,  09h39min de 16 de fevereiro de 2012
m
Checkwiki + ajustes
m (Checkwiki + ajustes)
{{Info/Organização militante
|nome = Partido dos Trabalhadores do Curdistão<br /><small>Partiya Karkerên Kurdistan (PKK)</small>
|logo = PKK.svg
|legenda = A bandeira atual do PKK, usada desde 2005
|datas = 1978 - Presente
|líder = Murat Karayilan (atual)<br />[[Abdullah Öcalan]] (fundador)
|motivos = Direitos culturais e políticos para a população curda na Turquia.
|área = [[Turquia]], [[Iraque]], [[Irã]] e [[Síria]]
|ideologia = [[Socialismo]]<br />[[Nacionalismo]]
|crimes =
|ataques =
|status =
|tamanho =
|renda =
|financiamento =
}}
O '''Partido dos Trabalhadores do Curdistão''' (em [[Língua curda|curdo]]: ''Partiya Karkerên Kurdistan'' ou ''پارتی کار کهرانی کوردستان'' ''Parti Karkerani Kurdistan''), vulgarmente conhecido como '''PKK''', também conhecido como '''KGK''' e anteriormente conhecido como '''KADEK''' ou '''Kongra-Gel''',<ref name="USTerrorList2">{{Citar web| url=http://www.state.gov/s/ct/rls/crt/2006/82738.htm| obra=Country Reports on Terrorism|título=Chapter 6—Terrorist Groups| data=2005-04-27| publicado=[[United States Department of State]] <!--use in case of emergency | archiveurlarquivourl=http://web.archive.org/web/20050526080545/http://www.state.gov/s/ct/rls/45394.htm| archivedatearquivodata=2005-05-26 --> | accessdateacessodata=2008-07-23}}</ref> é uma organização [[Curdos|Curda]], que desde 1984 vem se engajando em uma luta armada contra o estado turco, por um [[Curdistão]] autônomo e mais direitos culturais e políticos para os curdos na [[Turquia]].<ref name=tahiri>Tahiri, Hussein. ''The Structure of Kurdish Society and the Struggle for a Kurdish State.'' Costa Mesa, California: Mazda Publications 2007. pp 232 ff</ref>
 
O '''Partido dos Trabalhadores do Curdistão''' (em [[Língua curda|curdo]]: ''Partiya Karkerên Kurdistan'' ou ''پارتی کار کهرانی کوردستان'' ''Parti Karkerani Kurdistan''), vulgarmente conhecido como '''PKK''', também conhecido como '''KGK''' e anteriormente conhecido como '''KADEK''' ou '''Kongra-Gel''',<ref name="USTerrorList2">{{Cite web| url=http://www.state.gov/s/ct/rls/crt/2006/82738.htm| work=Country Reports on Terrorism|title=Chapter 6—Terrorist Groups| date=2005-04-27| publisher=[[United States Department of State]]
<!--use in case of emergency | archiveurl=http://web.archive.org/web/20050526080545/http://www.state.gov/s/ct/rls/45394.htm| archivedate=2005-05-26 --> | accessdate=2008-07-23}}</ref> é uma organização [[Curdos|Curda]], que desde 1984 vem se engajando em uma luta armada contra o estado turco, por um [[Curdistão]] autônomo e mais direitos culturais e políticos para os curdos na [[Turquia]].<ref name=tahiri>Tahiri, Hussein. ''The Structure of Kurdish Society and the Struggle for a Kurdish State.'' Costa Mesa, California: Mazda Publications 2007. pp 232 ff</ref>
O grupo foi fundado em 27 de novembro de 1978 e foi liderado por [[Abdullah Öcalan]]. A ideologia do PKK foi originalmente uma fusão do [[socialismo revolucionário]] e do [[Nacionalismo|nacionalismo curdo]] - embora desde a sua prisão, Öcalan tenha abandonado o [[Marxismo|marxismo ortodoxo]].<ref name="Abdullah Ocalan 2007, p. 243-277">Abdullah Ocalan, "Prison Writings: The Roots of Civilisation", 2007, Pluto Press. (p. 243-277)</ref>
 
 
== História ==
 
[[File:Pkk supporters london april 2003.jpg|thumb|300px|left|Protesto anti-guerra de colaboradores do PKK, em 15 de fevereiro de 2003 em [[Londres]].]]
 
No início de 1970, o grupo central da organização era composto em grande parte, de estudantes liderados por [[Abdullah Öcalan]] ("Apo"), em [[Ankara]]. O grupo logo mudou seu foco para a grande população curda no [[Região do Sudeste da Anatólia|Sudeste da Turquia]]. Em 27 de novembro de 1978, o grupo adotou o nome de "Partido dos Trabalhadores do Curdistão". Defendendo uma ideologia de [[Extrema-esquerda|extrema esquerda]] radical [[Marxismo|marxista]], o grupo tomou parte em conflitos violentos com entidades de direita, como uma parte do caos político da Turquia na época. Em 1979, como uma propaganda da ação, o grupo tentou assassinar o líder tribal curdo Mehmet Celal Bucak, que eles alegavam explorar os camponeses, e colaborar com a [[Turquia]]. Isto marcou um período de intensa [[guerra urbana]] entre outros elementos políticos radicais. O [[golpe de estado]] turco de 1980 levou a organização a um outro estágio, com os membros cumprindo pena de prisão, estando sujeitos à [[pena capital]], ou fugindo para a [[Síria]]. Em 10 de novembro de 1980, o consulado turco em [[Estrasburgo]] na [[França]], foi bombardeado em uma operação conjunta com o grupo radical [[Armênios|armênio]] ASALA, que eles alegaram como o início de uma "colaboração frutuosa".<ref name="miptpkkasala">{{CiteCitar web|url=http://www.tkb.org/Incident.jsp?incID=2735|authorautor=MIPT Terrorism Knowledge Base|titletítulo=Incident Profile: Armenian Secret Army for the Liberation of Armenia (ASALA) and Kurdistan Workers' Party (PKK) attacked Diplomatic target (November 10, 1980, France)|accessdateacessodata=2007-04-17|archiveurlarquivourl=http://web.archive.org/web/20070930033518/http://www.tkb.org/Incident.jsp?incID=2735|archivedatearquivodata=2007-09-30}}</ref>
 
{{Referências}}
 
== {{Ligações externas}} ==
* [{{Link||2=http://www.pkk-online.org |3=Site Oficial do PKK]}}
 
* [{{Link||2=http://guiadoestudante.abril.com.br/estudar/historia/curdos-conflito-nao-tem-fim-434540.shtml |3=Curdos, um conflito que não tem fim]}}
* [http://www.pkk-online.org Site Oficial do PKK]
* [{{Link||2=http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL154362-5602,00-ENTENDA+O+CONFLITO+ENTRE+A+TURQUIA+E+OS+CURDOS+DO+PKK.html |3=Entenda o conflito entre a Turquia e os curdos do PKK]}}
* [http://guiadoestudante.abril.com.br/estudar/historia/curdos-conflito-nao-tem-fim-434540.shtml Curdos, um conflito que não tem fim]
* [http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL154362-5602,00-ENTENDA+O+CONFLITO+ENTRE+A+TURQUIA+E+OS+CURDOS+DO+PKK.html Entenda o conflito entre a Turquia e os curdos do PKK]
 
{{referências}}
 
{{esboço-política}}
{{Portal3|Política}}
 
{{DEFAULTSORT:Partido Trabalhadores Curdistao}}
[[Categoria:Política do Curdistão]]
[[Categoria:Grupos guerrilheiros]]
718 366

edições