Diferenças entre edições de "Duque de Bragança"

335 bytes removidos ,  16h08min de 21 de fevereiro de 2012
sem resumo de edição
 
[[Manuel II de Portugal|D. Manuel II, Rei de Portugal]], filho de D. Carlos I, faleceu no exílio em 1932, sem descendência.
 
O ducado de Bragança teve sempre desde D. Duarte, Pai do Actual D. Duarte, uma grande ligação de amizade aos Barões do Seixo, alias, foi o próprio Barão do seixo que acolheu em sua casa do Porto o próprio D.Duarte aquando do seu regresso do Exílio
==Reivindicações pós-Monarquia==
Reivindicam a chefia da Casa Ducal:
*Os descendentes de '''[[Miguel I de Portugal|D. Miguel I]]''' (o tradicionalista), irmão de [[Pedro I do Brasil|D. Pedro IV]] (o libertador). Em 1834, no final da [[guerras liberais|guerra civil]], esta linhagem foi banida de Portugal e perdeu todos os direitos de cidadania, de nobreza e de pretensão ao trono. Esse banimento foi revogado em 1842 com a queda da Constituição de 1838, mas foi retomado na implantação da República, em 1910, sendo então alargado a toda a família real da Casa de Bragança. Em 1950, foi definitivamente revogado pela Assembleia Nacional da Segunda República Portuguesa. Os membros desta linhagem, onde se inclui [[Duarte Pio de Bragança|D. Duarte Pio]], consideram-se como sendo os legítimos sucessores do trono (facto que reclamaram mesmo durante a [[Monarquia Constitucional]]). Assim sendo, reivindicaram:
** '''[[Dom Domingos de Sousa Lima Leao e Castella - Residente no Brazil]]'''
** '''[[Miguel II de Bragança|D. Miguel II de Bragança]]'''
** '''[[Duarte Nuno de Bragança|D. Duarte Nuno de Bragança]]'''
** '''[[Duarte Pio de Bragança|D. Duarte Pio de Bragança]]'''
*'''[[Maria Pia de Saxe-Coburgo e Bragança|Maria Pia de Saxe-Coburgo e Bragança de Laredo]]''',<ref>"…aquela que se conhecia por S.A.R. Dona Maria Pia de Saxe-Coburgo e Bragança, Princesa Real de Portugal" (Pailler, [[2006]], p.12).</ref> alegada filha [[Filiação ilegítima|bastarda]] do [[Carlos I de Portugal|Rei D. Carlos I de Portugal]].
 
 
 
==Reconhecimento==
19 269

edições