Abrir menu principal

Alterações

102 bytes adicionados ,  10h58min de 14 de março de 2012
Em [[2010]], a Santa Casa de Misericórdia mostrou interesse em desfazer-se da área, o que atenderia a interesses do [[mercado]] imobiliário do Recife. No dia [[22 de fevereiro]], a Santa Casa anunciou, numa entrevista coletiva à imprensa, que a área seria destinada à construção de um [[shopping center]], com 170 lojas, dois museus e um [[parque temático]]. Diante disso, a comunidade da Tamarineira e, por extensão, de toda a cidade, mobilizou-se em defesa do Hospital, da sua história e do seu patrimônio, incluindo a área verde. Foi criada a [[ONG]] ''Amigos da Tamarineira''<ref>[http://www.gopetition.com/online/12991.html Patrimônio de Pernambuco]</ref> para divulgação e defesa da causa. Formou-se o grupo ''Tamarineira: Loucos por ela'', para defender o patrimônio histórico e ambiental ambiental. Houve também questionamento quanto à titularidade do terreno.<ref>[http://www.amigosdatamarineira.blogspot.com Amigos da Tamarineira]</ref><ref>[http://www.rauljungmann.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=2980:tamarineira-nao-sera-mais-shopping-center-&catid=65:noticias-variadas&Itemid=146 Tamarineira não será mais shopping center.] 4 de Junho de 2010</ref>
 
A [[Assembléia Legislativa de Pernambuco]] e, a [[Câmara Municipal do Recife]], o [[ Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano e o Conselho Estadual de Cultura empenharam-se na sua preservação. Finalmente, em decreto assinado em [[4 de junho]] de [[2010]], o prefeito do Recife [[João da Costa]] desapropriou o terreno do Hospital da Tamarineira, para transformá-lo em um parque público<ref>[http://www.blogdafolha.com.br/index.php/materias/8507-nada-de-shopping-tamarineira-vai-virar-parque-publico Tamarineira vai virar parque público]</ref>.
 
===Rock na Tamarineira===
Utilizador anónimo