Diferenças entre edições de "Arquimedes"

Sem alteração do tamanho ,  14h53min de 15 de março de 2012
(Atualização de predefinição obsoleta (usando regex): citar notícia --> citar web)
Apesar de Arquimedes não ter inventado a [[alavanca]], ele deu uma explicação do princípio envolvido em sua obra ''[[Sobre o Equilíbrio dos Planos]]''. São conhecidas descrições anteriores da alavanca pela [[Escola peripatética|Escola Peripatética]] dos seguidores de [[Aristóteles]], e às vezes são atribuídas a [[Arquitas de Tarento]].<ref name="lever rorres">{{citar web |nome=Chris |sobrenome=Rorres|url = http://www.math.nyu.edu/~crorres/Archimedes/Lever/LeverLaw.html|título = The Law of the Lever According to Archimedes|editora = [[Courant Institute of Mathematical Sciences]]|acessodata = 2010-03-20}}</ref><ref name="lever clagett">{{citar livro |nome=Marshall |sobrenome=Clagett|url = http://books.google.com/?id=mweWMAlf-tEC&pg=PA72&lpg=PA72&dq=archytas+lever&q=archytas%20lever| título = Greek Science in Antiquity| editora = Dover Publications|acessodata = 2010-03-20 |isbn=978-0-486-41973-2 |ano=2001}}</ref> De acordo com [[Pappus de Alexandria]], o trabalho de Arquimedes sobre as alavancas fez com que ele exclamasse: "Deem-me um ponto de apoio e moverei a Terra." ({{lang-el|δῶς μοι πᾶ στῶ καὶ τὰν γᾶν κινάσω}})<ref>Citado por [[Pappus de Alexandria]] em ''Synagoga'', Livro VIII</ref> Plutarco descreve como Arquimedes projetou sistemas de [[roldana]]s, permitindo a marinheiros a utilização do princípio da alavanca para levantar objetos que teriam sido demasiado pesados para serem movidos de outra maneira.<ref>{{citar web|autor=Dougherty, F. C.; Macari, J.; Okamoto, C.|título = Pulleys|editora=[[Society of Women Engineers]]|url = http://www.swe.org/iac/lp/pulley_03.html|acessodata=2007-07-23}}</ref> Arquimedes também foi creditado pelo aumento do poder e precisão da [[catapulta]], e por inventar o [[hodômetro]] durante a [[Primeira Guerra Púnica]]. O hodômetro foi descrito como um carrinho com um mecanismo de engrenagens que a cada milha percorrida derrubava uma bola em um recipiente.<ref>{{citar web |url = http://www.tmth.edu.gr/en/aet/5/55.html| título = Ancient Greek Scientists: Hero of Alexandria|editora = Technology Museum of Thessaloniki|acessodata = 2007-09-14}}</ref>
 
[[Cícero]] (106–43&nbsp;a.C) menciona Arquimedes brevemente em seu [[diálogo]] ''[[De re publica]]'', que retrata uma conversa fictícia ocorrendo em 129&nbsp;a.C. Foi dito que após a captura de Siracusa em ''circa'' 212&nbsp;a.C, General [[Marco Cláudio Marcelo (cônsul de 222 a.C.)|Marco Cláudio Marcelo]] levou a Roma dois mecanismos usados como ferramentas para estudos astronômicos, que mostravam os movimentos do Sol, da Lua e de cinco planetas. Cícero menciona mecanismos similares projetados por [[Tales de Mileto]] e [[Eudoxo de Cnido]]. O diálogo conta que Marcelo manteve um dos dispositivos como sua única pilhagem pessoal de Siracusa, e doou o outro para o ''Templo da Virtude'' em Roma. De acordo domcom Cícero, [[Caio Sulpício Galo]] fez uma demonstração do mecanismo de Marcelo para [[Lúcio Fúrio Filão]], que o descreveu assim:
 
{| cellspacing="2" cellpadding="5"
Utilizador anónimo