Diferenças entre edições de "Couve-de-bruxelas"

2 bytes adicionados ,  19h47min de 25 de março de 2012
m
sem resumo de edição
m (r2.7.1) (Robô: A adicionar: fa:کلم بروکسل)
m
<center>Grupo ''Gemmifera''</center>
}}
'''Couve-de-bruxelas''' é uma [[verdura]] (''Brassica oleracea'', grupo ''Gemmifera'') que lembra pequenos [[repolho]]s e por isso, também é chamada de repolhinho, é do mesmo género que a [[couve]] . Ela tem a particularidade de crescer ao longo do talo da [[Plantae|planta]], que na época da colheita fica totalmente coberto pelos pequenos repolhos. Na cozinha a couve de bruxelas é usada de várias maneiras, e é principalmente recomendada como acompanhamento para carnes. Também pode ser usada no preparo de [[sopa]]s, ensopados e cozidos
 
A couve-de-bruxelas é rica em sais minerais, principalmente [[fósforo]] e [[ferro]]. Contém vitaminas A e C, ambas importantes para a vista e para a pele. Como tem poucas calorias, pode fazer parte das dietas de emagrecimento. Além disso, é rica em [[fibra]]s de [[celulose]], sendo recomendada para as pessoas que têm problemas intestinais.
 
'''==Cultivo'''==
 
A couve-de-bruxelas se desenvolve de forma semelhante às demais couves e ao [[repolho]], necessitando de uma longa estação fria para o seu crescimento. Devido a sua exigência climática, em torno de 15&nbsp;°C a 19&nbsp;°C, nunca obteve uma disseminação muito grande na área produtiva.
O desenvolvimento adequado e uma boa produção de couve-de-bruxelas estão diretamente relacionados com a época de semeadura, já que esta é uma cultura de clima frio e necessita de ao redor de 90 dias após a germinação com temperaturas adequadas até a colheita.
 
Temperaturas friasbaixas durante o desenvolvimento dos pequenos repolhos são importantes para sua qualidade e forma compacta. Para cultivos de verão recomenda-se procurar variedades resistentes ao calor, já que os pequenos repolhos que amadurecem em condições de altas temperaturas e umidade estão mais suscetíveis a doenças.
 
A [[colheita]] deve ser realizada quando os pequenos repolhos apresentarem o tamanho adequado e consistência levemente firme, antes deles se tornarem muito resistentes e amarelos. Os primeiros repolhos próximos à base da planta ficam prontos para colheita, em torno de 3 meses após o transplante. Retiram-se as folhas abaixo dos repolhos maduros e, em seguida, é efetuada a colheita girando-se os repolhos até descolarem do caule. Os repolhos são colhidos à medida que amadurecem, usualmente a cada duas semanas de intervalo. A colheita se estende pelo período em que novos repolhos são formados e vão amadurecendo.
60 586

edições