Abrir menu principal

Alterações

588 bytes adicionados, 16h27min de 7 de maio de 2012
sem resumo de edição
[[Ficheiro:Palestra_do_Moacyr_onde_foi_criado_o_Jogo_Justo.jpg|thumb|220px|left|Palestra onde foi criado o projeto]]
 
A intenção éinicial do projeto era mostrar, por meio de um relatório baseado em informações comerciais de desenvolvedores e lojistas, que o mercado de games nacional tem um enorme potencial. Como comparação, será utilizado o que ocorreu no [[México]], onde o mercado de jogos cresceu 8 vezes após a diminuição da carga tributária. O projeto Jogo Justo visa diminuir o preço dos games, dos [[Console de videogame|aparelhos de videogame]] e de seus periféricos, fazendo assim com que o consumidor final tenha cada vez mais contato com os games, forma de cultura cada vez mais disseminada no mundo. Como consequência disto, o mercado nacional brasileiro irá se desenvolver, além da possibilidade de mais produtoras se instalarem no Brasil, gerando, de forma gradativa, mais empregos no setor. <ref name="Entrevista da Semana: Moacyr Alves (Jogo Justo)">{{citar web|url=http://colunistas.ig.com.br/gamerbr/2010/07/13/entrevista-da-semana-moacyr-alves-jogo-justo/|título=Entrevista da Semana: Moacyr Alves (Jogo Justo)|autor=Pablo Miyazawa|data=13 de julho de 2010|acessodata=31 de janeiro de 2010|língua=português|publicado=Gamer.br}}</ref>
 
== Histórico ==
 
=== Dia do Jogo Justo ===
EstáEm planejado para o começomeados de 2011, ocorreu o Dia do Jogo Justo, onde distribuidoras e lojas ligadas ao projeto irãopromoveram subsidiara oscomercialização impostosde emdiversos jogostítulos selecionadosao preço de R$ 99,00, tantoinicialmente o valor que Moacyr julgava ser adequado à realidade brasileira, parafuncionando darcomo uma prévia dos preços após o projeto ser aprovado aos consumidores, quanto para dados – como de quanto as vendas aumentaram no dia em relação a outros - que serão utilizados na apresentação à Receita Federal.
FuncionaráFuncionou da seguinte maneira,: seráOptou-se escolhidopor umfazer jogouma egrande esse"queima jogode seráestoque" vendidode pelovários preçotítulos que não alcançavam índices significativos de [[R$]]vendas nas lojas 99,00parceiras (oudo menos)projeto. Para efetuar essa compra o cliente deverá usar um codigo que será distribuido individualmente com limite de 1 por pessoa, assim terá como controlar a quantidade de jogos que foram vendidos e a quantidade de clientes que aderiram ao projeto. Esses numeros então serão apresentados as autoridades da receita federal, além de servir referência para as empresas do meio envolvidas no projeto.
 
== Apoio ==
Entre as empresas que apoiamapoiaram oficialmente o Jogo Justo estão grandes varejistas como a [[Walmart]]<ref>{{ link|pt|http://www.mundowalmart.com.br/jogojusto-menos-impostos-para-voce-jogar-mais/|#JOGOJUSTO – Menos impostos, para você jogar mais}}</ref> e o [[Ponto Frio]]<ref>{{link|pt|http://www.pontogames.com.br/jogo-justo-pela-reducao-de-impostos-em-games/|Jogo Justo, pela redução de impostos em Games}}</ref>, bem como desenvolvedoras, [[blog]]s, e outras organizações ligadas à indústria de videogames. Porém, cabe ressaltar o apoio massivo das lojas ditas especializadas, como por exemplo a UZ Games.<ref>{{link|pt|http://www.jogojusto.com.br/category/apoios/|Categoria: Apoios}}</ref> como:
 
* [[Konami]]
Em uma entrevista concedida para alunos de Bacharelado em Audiovisual do Centro Universitário Senac, Moacyr declarou ser a favor de taxar serviços de internet como a [[Steam]] e a [[Origin]]. Isso contradiz o ideal do projeto, que previa jogos com o mínimo de impostos possível.
 
Em tal declaração, Moacyr afirma que pretende por fim a uma suposta "farra" no que diz respeito a utilização de tais serviços, aonde segundo ele não haveria uma arrecadação apropriada de impostos em território nacional. Além dos serviços de distribuição digital de conteúdo, o autor do projeto objetiva também o maior controle e tributação de jogos adquiridos em lojas do exterior.
De fato, boa parte dos indignados afirmam que se sentem "traídos" após tal declaração.
 
{{referências}}
Utilizador anónimo