Abrir menu principal

Alterações

481 bytes adicionados, 15h38min de 9 de maio de 2012
sem resumo de edição
'''Metabolômica''' é o [[estudo]] [[ciência|científico]] dosque [[processo]]svisa [[químico]]sidentificar envolvendoe quantificar o conjunto de [[metabólito]]s, ou seja,- o estudometaboloma sistemático- daproduzidos composiçãoe/ou química ocasionadamodificados por processosum celulares específicos em determinado momento, sob determinadas condições fisiológicas e ambientais[[organismo]].<ref name=Villas>[http://www.biotecnologia.com.br/revista/bio36/metaboloma_36.pdf Villas-Bôas, S. G.; Gombert, A. K. "Análise do Metaboloma", ''Biotecnologia: Ciência & Desenvolvimento'', v.9, n.36, p.58-69, 2006]</ref> O '''metaboloma''' representa a [[coleção]] de todos os metabólitos em um meiouma [[biológicocélula]], [[órgão]]fluido biológico, [[tecido]] [[celular]] ou [[organismo]], quee estas substâncias são consideradas os [[produtoProduto (química)|produtos]]s finais dos processos celulares. Assim, enquantoEnquanto os dados de [[expressão gênica]] de [[mRNARNAm]] e análises [[proteômica]]s fornecem parte das informações dos eventos que ocorrem na célula ou organismo, o perfil metabólico fornecepode informaçõesfornecer instantâneasum sobrepanorama ageral fisiologiasobre celularo eestado consequentemente do organismo em estudofisiológico. UmEm dosconsideração desafiosa daestas [[biologiapossibilidades, deas sistemas]] eferramentas da [[genômicametabolômica funcional]]encontram é integraraplicações asem informaçõesdiversas daáreas análisecomo doa [[proteomatoxicologia]], a [[transcriptomabiologia sistêmica]] e metaboloma, visandoa obter[[genômica umfuncional]] panoramae completotambém sobrecomo o[[controle organismode em estudoqualidade]].<ref name=Dunn>{{cite journal |author=Dunn WB, Broadhurst DI, Atherton HJ, Goodacre R, Griffin JL |title=Systems level studies of mammalian metabolomes: the roles of mass spectrometry and nuclear magnetic resonance spectroscopy |journal=Chem. Soc. Rev |volume=40 |issue= |pages=387–426 |year=2011 |month= |pmid=14582645 |doi=10.1039/b906712b |url=http://www.biospec.net/pubs/pdfs/Dunn-ChemSocRev2011.pdf}}</ref>
 
Além de questões técnicas e instrumentais enfrentadas pelos pesquisadores desta área, outro importante desafio é a interpretação dos dados gerados pelas análises dos metabólitos, bem como a associação destes às informações provenientes de outras "ômicas", como a [[proteômica]] e a [[transcritoma|transcritômica]], para o desenvolvimento dos conceitos de [[biologia sistêmica]] e [[genômica funcional]].
<ref name=Dunn>{{cite journal |author=Dunn WB, Broadhurst DI, Atherton HJ, Goodacre R, Griffin JL |title=Systems level studies of mammalian metabolomes: the roles of mass spectrometry and nuclear magnetic resonance spectroscopy |journal=Chem. Soc. Rev |volume=40 |issue= |pages=387–426 |year=2011 |month= |pmid=14582645 |doi=10.1039/b906712b |url=http://www.biospec.net/pubs/pdfs/Dunn-ChemSocRev2011.pdf}}</ref>
 
==Histórico==
 
[[Ficheiro:Metabolism diagram.svg|thumb|right|180px|[[Metabolismo|Mapa metabólico]]: metabólitos são todos os intermediários e produtos do [[metabolismo]] de determinado organismo]]
 
{{AP|Metabolismo}}
 
Metabólitos são intermediários e produtos do [[metabolismo]]. Dentro do contexto da metabolômica, um metabólito é geralmente definido como qualquer [[molécula]] menor que 1 [[Unidade de massa atômica|kDa]].<ref name=Villas/><ref>{{cite journal |author=Samuelsson LM, Larsson DG |title=Contributions from metabolomics to fish research |journal=Mol Biosyst |volume=4 |issue=10 |pages=974–9 |year=2008 |month=outubro |pmid=19082135 |doi=10.1039/b804196b |url=}}</ref> No entanto, existem exceções a esta, dependendo da amostra e do método de detecção. Por exemplo, macromoléculas como as [[lipoproteína]]s e [[albumina]] são detectadas de forma segura em estudos metabolômicos do [[plasma sanguíneo]] usando a técnica de RMN.<ref>{{cite journal |author=Nicholson JK, Foxall PJ, Spraul M, Farrant RD, Lindon JC |title=750 MHz 1H and 1H-13C NMR spectroscopy of human blood plasma |journal=Anal. Chem. |volume=67 |issue=5 |pages=793–811 |year=1995 |month=março|pmid=7762816 |doi= 10.1021/ac00101a004|url=}}</ref>
 
[[Ficheiro:Gaschromatograph.jpg|thumb|right|180px|[[Cromatografia gasosa]]: metodologia de separação empregada especialmente para análise de substâncias voláteis]]
 
{{AP|Cromatografia}}
 
Uma das etapas para análise de uma amostra complexa, mas não obrigatória, é a aplicação de metodologias cromatográficas visando a separação dos metabólitos. Uma amostra pode conter dezenas, centenas ou mesmo milhares de substâncias. Experimentalmente, é possível isolar parte destes compostos, para que posteriormente, estes sejam identificados através de métodos de elucidação estrutural. Embora o metaboloma possa ser analisado prontamente, ainda não é possível monitorar toda a gama de metabólitos de uma amostra utizando apenas uma único método analítico.
 
===Métodos de detecção===
 
{{AP|Espectrometria de massa|Espectroscopia}}
 
A [[espectrometria de massa]] ('''EM''') é umas das técnicas mais difundidas para a elucidação estrutural de metabólitos, e geralmente é usada em associação com uma técnica de separação. A combinação CG-EM é mais usual e foi a primeira técnica hifenada a ser desenvolvida. Além disso, existem diversas bibliotecas de impressões digitais de dados espectrais disponíveis para consulta. Estas bibliotecas podem ser criadas para permitir a identificação de um metabólito de acordo com o seu padrão de fragmentação. A EM é uma técnica bastante sensível e pode dados bastante específicos sobre um determinado analito.
 
[[Ficheiro:EI-MS-2.jpg|thumb|left|200px|Um [[Espectro (física)|espectro de massas]]: o acesso a [[banco de dados]] e aplicação de métodos estatística permite a interpretação dos dados e consequente identificação dos metabólitos existentes em uma amostra.]]
 
{{AP|Estatística}}
 
Os dados gerados pelos estudos de metabolômica geralmente consistem de medidas realizadas em indivíduos sob variação de condições experimentais, ou seja, em geral são feitos estudos comparativos, analisando diferentes indivíduos submetidos a diferentes níveis de [[estresse]], ambientes, acometidos de doenças ou outras abordagens. As medidas no espectrômetro de massas podem gerar espectros digitalizados ou uma lista de níveis de metabólitos. Na sua forma mais simples, uma amostra gera uma linha de dados correspondente aos indivíduos em estudo e outra correspondentes aos níveis de metabolitos.<ref name="VDGarticle"/> Diversos programas estatísticos estão disponíveis atualmente tanto para a análise de dados de RMN quanto de espectrometria de massa. Para os dados de espectrometria de massa, os ''softwares'' disponíveis identificam a variação de moléculas em um grupos de sujeitos levando em consideração a massa molecular e por vezes, o tempo de retenção de acordo com o desenho experimental.
 
{{Referências|col=2}}
{{Genômica}}
{{portal3|Biologia}}
{{portal-bioquímica}}
 
[[Categoria:Metabolismo]]