Abrir menu principal

Alterações

10 bytes removidos ,  13h38min de 1 de junho de 2012
sem resumo de edição
{{F1}}
A '''Temporada de [[Fórmula 1]] de [[2005]]''' foi a 56° realizada pela [[Fédération Internationale de l'Automobile|FIA]]. Teve como [[campeão]] o [[Espanha|espanhol]] [[Fernando Alonso]], da [[Renault]], sendo vice-campeão o [[Finlândia|finlandês]] [[Kimi Raikkonen]], da [[McLaren]]. Ficou marcada com uma temporada mais balanceada quando comparada a do [[Temporada de Fórmula 1 de 2004|ano anterior]], quando a equipe Ferrari teve dominância em grande parte das provas. As equipes Renault e McLaren mostraram consistência em todo ano enquanto que equipes favoritas da temporada passada como [[Scuderia Ferrari]] e [[BAR]] tiveram seu desempenho reduzido com novos carros [[Ferrari F2005]] e [[BAR 007]]. Contudo, problemas com os motores Mercedes na [[McLaren MP4-20]] renderam inúmeros problemasabandonos a [[Kimi Räikkönen]] fazendo com que [[Fernando Alonso]] ganhasse uma leve vantagem de pontos no inicio do campeonato. Contudo, essa vantagem foi reduzida ao longo dos GP's sendo que o campeão foi definido somente no [[Grande Prêmio do Brasil de 2005 (Fórmula 1)|GP do Brasil]] onde Fernando Alonso obteve o título. Foi a última temporada de Fórmula 1 a permitir a utilização de motores V10, limitados nesse ano á 18000 [[rpm]]s, sendo que de [[2006]] a diante a configuração permitida seria somente a V8.
 
== Pilotos e construtores ==