Diferenças entre edições de "Banco Sofisa"

22 061 bytes removidos ,  19h00min de 1 de junho de 2012
m
Reversão de uma ou mais edições de 189.89.200.6 para a versão 30480602 de Bomba Z, com Reversão e avisos (Texto publicitário (caíram os juros... estão apelando!))
m (Reversão de uma ou mais edições de 189.89.200.6 para a versão 30480602 de Bomba Z, com Reversão e avisos (Texto publicitário (caíram os juros... estão apelando!)))
'''Banco Sofisa''' é um [[banco]] [[brasil]]eiro fundado em [[1961]].<ref>http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/renda-fixa/noticias/conheca-a-inovacao-do-ano-em-renda-fixa</ref><ref>
http://economia.estadao.com.br/noticias/economia,banco-lanca-cheque-especial-com-taxa-de-emprestimo-consignado-,107268,0.htm</ref><ref>http://www.bmfbovespa.com.br/cias-listadas/empresas-listadas/ResumoEmpresaPrincipal.aspx?codigoCvm=20680&idioma=pt-br</ref>
Site montado pelo banco Sofisa permite que o investidor obtenha ao menos 100% do CDI ao aplicar qualquer valor em CDB – algo cada vez mais difícil de encontrar por aí.
Renda fixa é um assunto modorrento para a maioria dos investidores. As principais opções de aplicação ao alcance das pessoas físicas oferecem retornos baixos e regras rígidas. A rentabilidade líquida da caderneta de poupança não muda há décadas - é 6,17% ao ano mais TR. Com a provável queda da taxa Selic nos próximos meses, os fundos DI com altas taxas de administração já estão se tornado menos atrativos que a poupança. O Tesouro Direto poderia ser uma saída interessante se não fosse tão complexo para a maioria dos brasileiros. Já os CDB de grandes bancos costumam ser uma escolha prática, mas pagam juros pouco interessantes para os aplicadores no momento.
 
Enquanto os grandes bancos costumam oferecer entre 80% e 90% do CDI para pequenas aplicações em CDB, no Sofisa Direto o cliente sempre consegue ao menos 100% do CDI. Outra diferença é que as taxas pagas aos clientes não mudam. Seja para aplicações de 1 real a 1 milhão de reais, os retornos são os mesmos. Quem conhece bem o setor financeiro sabe que isso não é nada trivial. “Achamos que há uma grande massa de clientes que é muito mal atendida pelos grandes bancos, principalmente naquela faixa de pessoas com um patrimônio de até 200.000 reais em aplicações financeiras”, afirma Bazili Swioklo, diretor do banco Sofisa Direto.
 
Bater a poupança e os fundos DI hoje em dia não significa muita coisa, mas é importante notar que o CDB do Sofisa rende mais até mesmo que o Tesouro Direto. Os juros pagos pelos papéis são muito parecidos quando o investidor compara aplicações que possuem liquidez diária – ou seja, que podem ser resgatadas a qualquer momento. A vantagem do Sofisa sobre o Tesouro, nesses casos, é que o aplicador estará isento de desembolsar taxas anuais de custódia, administração ou corretagem – que costumam representar de 0,3% a 1% do dinheiro investido.
 
Já para aplicações de dois a três anos, o Sofisa procura pagar 1 ponto percentual a mais que o Tesouro Direto ao ano. Enquanto uma LFT (título do governo federal) remunera o poupador com algo equivalente à taxa Selic, o cliente do Sofisa conseguirá 110% do CDI para uma aplicação de três anos. Um CDB prefixado que seja carregado até 2014 garante um retorno de 11,40% ao ano – contra 10,08% de uma LTN (título público prefixado) semelhante. Por último, o CDB atrelado à inflação com vencimento em 2015 paga IPCA mais 5,97% ao ano – contra IPCA mais 4,93% de uma NTN-B Principal.
 
Em um ambiente tão desfavorável ao aplicador, não fica difícil distinguir um produto realmente inovador quando ele aparece. Do ponto de vista de quem investe em renda fixa, a principal novidade deste ano foi, sem nenhuma dúvida, o Sofisa Direto. Essa plataforma on-line permite que pequenos aplicadores obtenham uma rentabilidade superior à de todos os investimentos listados acima com um diferencial interessante: a simplicidade.
 
Em todos os três casos do parágrafo anterior, entretanto, o investidor deve estar ciente de que não poderá sacar os recursos até a data do vencimento. Já no Tesouro Direto, os investidores possuem a garantia de revender os títulos públicos ao próprio governo em leilões realizados todas as quartas-feiras. O retorno superior do CDB, portanto, é o que mercado chama de prêmio de liquidez – e não um ganho de rentabilidade puro e simples.
Ciente disso, é importante que o investidor não aplique o dinheiro que funciona como uma espécie de reserva de emergência em produtos sem liquidez. Os recursos que seriam utilizados em caso de desemprego ou doença, por exemplo, devem ir preferencialmente para produtos como a caderneta de poupança, os fundos DI e os CDB sem carência para resgate.
 
Bazili Swioklo, do Sofisa Direto, afirma que existem clientes que não planejavam consumir nada nos meses seguintes quando fizeram a aplicação no banco, mas são pegos de surpresa por alguma emergência. Para não deixar essas pessoas na mão, o Sofisa promete lançar em breve uma linha de crédito para que os investidores possam tomar um empréstimo para cobrir outras obrigações imprevistas. O percentual de juros dessa linha ainda não foi definido, mas Bazili descarta que seja algo superior a 2,99% ao mês. “Vai ser mais barato que o crédito pessoal dos grandes bancos”, afirma.
Riscos
 
Antes de tomar uma decisão de investimento, quem se interessou pelo Sofisa Direto deve estar ciente de que o risco de um CDB de qualquer banco médio não é um investimento de baixíssimo risco como um título público. Em momentos de crise financeira, as instituições de menor porte sempre apresentam mais dificuldades para levantar recursos no mercado. Em um caso extremo, o investidor pode perder muito dinheiro se a instituição quebrar.
 
A última vez que isso aconteceu foi há sete anos, com a liquidação do Banco Santos, mas se engana quem acha que trata-se apenas de uma ave rara. Neste ano, o BC decidiu intervir no banco Morada, uma instituição bem pequena que só tinha uma agência. Outros bancos que passaram por dificuldades recentemente foram o PanAmericano, o Matone e o Schain, mas, nesses casos, a entrada de novos sócios evitou o pior para os clientes.
 
Quando um banco quebra, um investidor só tem a garantia de que vai receber depósitos até o valor de 70.000 reais. Mesmo que o banco não tenha ativos para honrar a obrigação, o Fundo Garantidor de Crédito (FGC) será responsável por ressarcir o poupador. Essa garantia vale tanto para o dinheiro investido em CDB quanto para os recursos depositados em caderneta de poupança ou conta corrente. É por isso que muitos brasileiros preferem manter a maior parte do dinheiro em bancos grandes demais para quebrar e investem em CDB de bancos médios apenas até o limite da cobertura de até 70.000 reais garantida pelo FGC.
 
No caso do Sofisa Direto, Bazili afirma que 25% dos clientes cadastrados trouxeram mais de 70.000 reais para o banco, o que ele considera um sinal de confiança. “Mas também há os clientes mais desconfiados que chegam a pedir para conhecer nossa sede na região da avenida Paulista antes de abrir uma conta”, se diverte. Na campanha de marketing para divulgar o produto, o Sofisa ressalta os 50 anos de atuação no mercado financeiro, a larga experiência com crédito a pequenas e médias empresas e o fato de o banco ter ações negociadas na BM&FBovespa. “É uma campanha institucional, para construir a imagem do banco junto ao grande público, e não apenas para vender CDB.”
 
'''Concorrência'''
 
Como captar dinheiro com uma plataforma como o Sofisa Direto costuma ser mais barato para o banco do que ir a mercado atrás do dinheiro de grandes investidores, outras instituições planejam em breve oferecer ferramentas semelhantes. O banco Ficsa é o único que já possui um canal de captação pela internet, chamado CDB Direto. O produto, entretanto, é bem mais simples. Não são aceitas aplicações acima do limite de até 70.000 reais do FGC. Não há uma oferta tão variada de tipos de CDB. E não foi feita uma grande campanha de marketing para tornar o produtos mais conhecido pelos investidores.
 
A própria ABBC e a Acrefi (associações que reúnem bancos de médio e pequeno porte e financeiras), no entanto, já estudam criar um site em que cerca de 50 instituições financeiras poderiam oferecer CDB aos investidores. As duas associação não dão detalhes sobre o projeto. Mas a proposta inicial foi considerada um pouco esquisita no mercado. O investidor não teria o direito de saber de qual instituição seria o CDB antes de realizar a aplicação. Como em um ponto de táxi, haveria uma fila de bancos, que pagariam a mesma taxa aos clientes. O primeiro da fila captaria o dinheiro do primeiro investidor, e assim por diante. Para que esse esquema de rodízio faça sentido, o investidor só poderá aplicar até 70.000 reais. Assim, o risco do poupador não seria o da instituição financeira, mas do próprio FGC.
 
Bazili afirma que o Sofisa também participa das discussões dentro da ABBC e que estará presente no site se o projeto for levado adiante. Mas ele revela dúvidas sobre a viabilidade. “A principal questão é que não sei se o cliente bancário concordaria em transferir o dinheiro para uma instituição que ele não sabe nem o nome. Investimento é algo que exige confiança.”
 
“Do ponto de vista do investidor, seria melhor que todas as taxas pagas pelos CDB pudessem ser consultadas”, diz Francisco da Costa Carvalho, vice-presidente da financeira Lecca, outra instituição que foi convidada pela Acrefi a participar das discussões. Dessa forma, a pessoa poderia escolher, dentre aquelas instituições em que confia, uma que oferecesse a taxa mais atraente. “Esse formato, entretanto, estimularia a concorrência entre bancos e financeiras e não necessariamente seria o mais interessante para quem vai pagar o desenvolvimento do site”, diz Carvalho.
 
Independente do sucesso da iniciativa da ABBC, o Sofisa Direto acredita que a concorrência vai aumentar e já começa a se mexer. Bazili diz que o banco planeja aproveitar a grande base de clientes cadastrados para vender diversos produtos financeiros pela internet. “São bastante comuns as queixas contra os juros altos dos empréstimos, mas pouca gente fala algo quando um banco oferece ao cliente só 80% do CDI em um CDB. Há muito espaço no Brasil para vender produtos financeiros melhores usando a internet como plataforma”, afirma.
 
'''Cheque Especial com Taxa de juros de Empréstimo Consignado'''
O Sofisa Direto coloca à disposição dos seus clientes um cheque especial com taxa menor que a de crédito consignado - o mais barato do mercado. Chamado Saque Especial, o produto cobrará 1,95% ao mês. A média do mercado para o cheque especial é de 9,5% mensais. O consignado cobra, também em média, 2% ao mês.
 
O banco, braço totalmente online do já conhecido Sofisa, iniciou em junho do ano passado as suas operações com a venda de CDBs que pagam, no mínimo, 100% do CDI (taxa de juros de referência do mercado financeiro nacional). O porcentual vale para qualquer valor investidor - um diferencial em relação à prática de outros bancos, que dão melhor rentabilidade para quem tem valores mais altos.
 
Agora, o Sofisa quer desmanchar a imagem de banco de atacado e mostrar ao cliente que pode oferecer mais. O lançamento do Saque Especial é o primeiro passo nessa direção, explicou Bazili Swioklo, diretor do Sofisa Direto. Embora não tenha antecipado detalhes, o executivo disse que a partir do segundo semestre mais novidades virão.
 
Para que o uso do cheque especial não seja indiscriminado, sobretudo porque a taxa é baixa, o banco só disponibilizará o limite pré-aprovado para quem já é cliente e, portanto, tem investimentos na instituição. "O risco para nós é muito baixo porque já temos esse cliente na carteira, com dinheiro aplicado aqui", comentou Swioklo para justificar como o banco conseguiu alcançar os 1,95% de taxa por mês.
 
Competição. Oferecer produtos mais atrativos também é uma forma de atrair a atenção dos clientes e ganhar competitividade diante dos tradicionais grandes bancos. Alcides Leite, professor da Escola de Negócios Trevisan, avalia que oferecer o limite de crédito pré-aprovado pode ser exclusivamente uma jogada de marketing do Sofisa. "O perfil do cliente deles não é de tomador de empréstimo. Mas, sem dúvida, ter o limite pré-aprovado é um atrativo."
 
Fazer a "venda casada" de investimento e crédito também ajuda a assegurar o empréstimo, frisa Leite. Colocar o limite à disposição, diz o professor, não provoca suspeitas contra a instituição. "Mesmo se o banco quebrar, quem estará com o dinheiro é o cliente que, mesmo nesse caso extremo, terá de pagar a dívida", explica. O cuidado, diz ele, deve ser sempre em relação ao investimento. O Fundo Garantidor de Crédito (FGC) assegura aplicações de até R$ 70 mil em CDBs. Portanto, investimentos dentro do limite não têm risco.
 
O Sofisa Direto não abre conta corrente com cartão de débito, por exemplo. Isso também impede que o limite de cheque especial seja usado com tanta facilidade quanto no banco de varejo. Quem quiser usar o Saque Especial precisa, pela internet, solicitar a transferência do dinheiro para outra conta e, em seguida, fazer o saque. "Não é um empréstimo para consumo, mas para aproveitar oportunidades", detalha Swioklo.
 
Desta forma, completa o executivo, não há necessidade de o investidor sacar os seus recursos que estão aplicados e desfazer a estratégia inicialmente traçada. "Queremos facilitar a vida do nosso cliente."
 
 
<table class="infobox" cellpadding="3" border="0" style="width: 22em; font-size:88%; text-align:left;">
<tr>
<th colspan="2" class="topo empresa" style="text-align:center; background-color:#EFEFEF;"><span class="">Banco Sofisa Direto</span></th>
</tr>
<tr>
<td colspan="2" style="text-align:center;">[[Ficheiro:Sofisa_Direto.jpg]]</td>
</tr>
<tr>
<td scope="row" valign="top" style="text-align: left;"><i><b>Slogan</b></i></td>
<td><i>O primeiro banco online pensado para fazer o seu dinheiro render mais.</i></td>
</tr>
<tr>
<td><b>Fundação</b></td>
<td>Junho de 2011</td>
</tr>
<tr>
<td><b><b>Sede</b></td>
<td>São Paulo</td>
</tr>
<tr>
<td><b>Indústria</b></td>
<td>Banco Online</td>
</tr>
<tr>
<td><b>Produtos</b></td>
<td>Renda fixa</td>
</tr>
<tr>
<td><b>Website</b></td>
<td>www.sofisadireto.com.br></td>
</tr>
</table>
 
== Sofisa Direto ==
O Banco Sofisa Direto é a divisão online para pessoas físicas do [[Banco Sofisa|Banco Sofisa S.A.]]
O Banco Sofisa Direto nasceu com o propósito de renovar práticas comuns do setor bancário, eliminando as tarifas, a burocracia, os asteriscos e a linguagem técnica e complicada utilizadas pelas instituições bancárias tradicionais. <ref> [http://www.sofisadireto.com.br Banco Sofisa Direto] </ref>.
[[Ficheiro:Home site.jpg|thumb|Home Sofisa Direto|alt=Home Sofisa Direto|link=http://www.sofisadireto.com.br]]
=== Transações bancárias internet ===
As transações bancárias na internet (http://pt.wikipedia.org/wiki/Internet_banking )são realizadas com segurança e tranquilidade pelos brasileiros há muito tempo. Até então a conveniência era o fator preponderante nessas transações, com o Sofisa Direto outras vantagens foram integradas ao sistema bancário online.
 
=== Operação do Banco Sofisa Direto ===
A operação do Sofisa Direto foi desenhada para levar ao setor bancário as vantagens que a internet possibilitou a outros setores. Desta forma, a revolução proposta pelo Banco Sofisa Direto é de oferecer a rentabilidade antes só disponível para grandes investidores para qualquer valor, seja R$ 1,00 ou R$ 1.000.000,00. Os investimentos são oferecidos de forma simples e transparente, sem tarifas, taxas de administração ou taxa de custódia.
 
=== Tarifa Sempre Zero ===
O Banco Sofisa Direto é um banco 100% online, desta forma, o Sofisa Direto não possui custos com agências, manutenção e outras despesas físicas. Isto possibilitou que os custos fossem reduzidos e que as tarifas fossem cortadas.
 
=== Mesma rentabilidade para qualquer valor investido, para qualquer investidor. ===
A forma de atuação do Banco Sofisa Direto possibilita custos menores de operação. O custo gerado por cliente no Banco Sofisa Direto é igual, seja para o grande investidor ou para o pequeno investidor, desta forma, o Banco Sofisa Direto não distingue o correntista e oferece a mesma rentabilidade para todos.
 
== Produtos ==
O Banco Sofisa Direto oferece diversas opções de CDBs e LCIs. Entenda o que são cada um destes produtos.
 
=== CDB (Certificado de Depósito Bancário)===
O CDB é um título de renda fixa emitido por bancos ideal para qualquer perfil de investidor, seja o conservador ou o agressivo. A remuneração do CDB pode ser pré-fixada, quando na contratação do investimento é fixado uma taxa de remuneração que não varia até o final da aplicação, desta forma, você sabe exatamente quanto vai ganhar, ou pós-fixada quando seu investimento é atrelado a variação da taxa CDI ou IPCA.
 
=== CDB Sofisa Direto Prefixado ===
O CDB Sofisa Direto Prefixado, é um investimento em que se pode saber exatamente qual será a remuneração da sua aplicação. Ao contratar o CDB Prefixado Sofisa Direto é combinado uma taxa que não se alterará até o final da aplicação.
 
=== CDB Sofisa Direto IPCA ===
O CDB Sofisa Direto IPCA tem sua rentabilidade composta por uma taxa prefixada acrescida da variação do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), com liquidez somente no vencimento.
 
=== CDB Sofisa Direto Pós-fixado DI ===
O CDB Sofisa Direto Pós-fixado DI rende 100% da taxa CDI (Certificado de Depósito Interfinanceiro), e possui liquidez diária, ou seja, pode ser resgatado a qualquer momento.
 
=== O que é LCI? ===
As LCIs (Letras de Crédito Imobiliário) são papéis de renda fixa emitidos por uma instituição financeira e lastreadas em imóveis que servem de garantia para operações de crédito. Diferente dos investimentos imobiliários como o CRI (Certificado de Recebíveis Imobiliário) e dos Fundos Imobiliários, não possuem sua rentabilidade atrelada a seus lastros, as LCIs tem sua rentabilidade ligada ao CDI (Certificado de Depósito Interfinanceiro). Os recursos captados por meio de LCIs devem ser destinados para operações de crédito imobiliário, para incentivar este importante segmento da economia, o governo isentou estas aplicações de imposto de renda.
 
=== LCI Sofisa Direto Prefixada ===
Assim como CDB Prefixado, a LCI Prefixada é um investimento em que a taxa que remunera o seu investimento é contratada no ato da aplicação e não se altera até o vencimento. É o investimento ideal para cenários em que há queda da taxa de juros.
 
=== LCI Sofisa Direto Pós-fixada DI ===
A LCI Sofisa Direto Pós-fixada DI rende de 91% a 94% da taxa CDI (Certificado de Depósito Interfinanceiro).
[[File:61dias.png|thumb|CIRCULAR BACEN Nº 3.152, DE 20 DE SETEMBRO DE 2002]]
=== LCI Sofisa Direto Pós-fixada DI com Liquidez Diária ===
A LCI Sofisa Direto com liquidez diária, é um investimento indexado ao DI e pode ser resgatada a qualquer momento após 60 dias. A carência de 60 dias para a liquidez da aplicação, respeita a CIRCULAR BACEN Nº 3.152, DE 20 DE SETEMBRO DE 2002, que diz que o prazo mínimo para o resgate dos recursos aplicados em LCIs indexadas a taxa DI, é de 60 dias.
 
==Indexadores==
=== O que é IPCA? ===
O IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) é o índice oficial de medição da inflação no Brasil, realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e estatística)<ref> [http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/indicadores/precos/ipca15/defaultipca15.shtm IBGE] </ref>. O IPCA mede a variação dos custos e gastos de pessoas que ganham de 1 a 40 salários mínimos. O IPCA é medido em regiões metropolitanas de alguns estados do Brasil, e usa como referência para medição uma cesta de bens e produtos.
 
 
=== O que é CDI? ===
O CDI (Certificado de Depósito Interbancário) é um título privado negociado somente entre bancos, com prazo de 1 dia. O CDI permite que o dinheiro que circula entre os bancos seja rapidamente trocado de acordo com as necessidades de cada um. Os juros destas operações interbancárias definem a taxa CDI.
 
 
=== Como é medida a taxa CDI? ===
A taxa CDI é a media dos juros das operações interbancárias, estas taxas variam diariamente de acordo com o juro médio dos empréstimos realizados entre os bancos<ref> [http://www.cetip.com.br/astec/series_v05/paginas/web_v05_template_informacoes_di.asp?str_Modulo=completo&int_Idioma=1&int_Titulo=6&int_NivelBD=2 CETIP] </ref>. Os investimentos com rentabilidade atrelada ao CDI, tem sua remuneração ligada a média destas taxas de juros.
 
==Garantia==
=== É seguro investir em CDB/LCI? ===
Sim, o CDB assim como a LCI e a poupança contam com a garantia oficial do FGC (Fundo Garantidor de Créditos) de até R$ 70.000,00. Saiba mais sobre o FGC acessando: http://www.fgc.org.br/
 
=== O que é FGC? ===
O [[FGC]] é a instituição oficial responsável pelo sistema de garantia de depósitos no Brasil<ref>FGC [http://www.fgc.gov.br (Fundo Garantidor de Créditos)]</ref>, criado em 1995. O FGC assegura os investimentos oferecidos pelo Banco Sofisa em até R$ 70.000,00.
O FGC tem o objetivo de garantir créditos para instituições a ele associadas, nas seguintes hipóteses:
 
# decretação da intervenção, liquidação extrajudicial ou falência da associada;
 
# reconhecimento pelo Banco Central do Brasil, do estado de insolvência da associada.
 
# ocorrência de situações especiais, não enquadráveis nos itens acima, mediante prévio entendimento entre o Banco Central do Brasil e o FGC.
 
Para mais informações, acesse: www.fgc.org.br
 
 
==Redes Sociais==
O Banco Sofisa Direto participa de fóruns de investimento visando auxiliar os internautas em suas dúvidas sobre aplicações em renda fixa.
Visando estabelecer um contato mais próximo com o cliente, o Banco Sofisa Direto possui uma página no [http://www.twitter.com/sofisadireto Twitter] e no [http://www.facebook.com/bancosofisadireto Facebook].
O Banco Sofisa Direto publica periodicamente em seu mural do Facebook e na sessão [http://www.facebook.com/note.php?note_id=395562643798958 Econosfera], artigos sobre os produtos, indexadores, cenários e notícias que afetam direta e indiretamente os investimentos dos clientes Sofisa Direto.
A Timeline do Banco Sofisa Direto no Facebook, conta a história do Banco Sofisa, de 1961 até os dias de hoje.
[[File:Fan page bco sofisa direto.gif|thumb|Facebook Sofisa Direto]]
 
{{referências}}
654 003

edições