Diferenças entre edições de "Nova Gente"

1 142 bytes adicionados ,  22h33min de 19 de junho de 2012
sem resumo de edição
m (Testes (2.2) -, typos fixed: 28/04/2001 → 28 de abril de 2001 utilizando AWB)
{{Info/Revista
|nome = Nova Gente
|imagem =
|imagem_tamanho =
|imagem_legenda =
|slogan =
|editor =
|editores anteriores =
|equipe editorial =
|categoria = [[Imprensa rosa]]
|frequência = Semanal
|editora = [[Impala]]
|circulação = {{POR}}
|circulação total =
|formato =
|encadernação =
|primeira edição = {{dtlink|6|6|2003|idade}}
|empresa = [[Grupo Impala]]
|país = {{POR}}
|línguas = Português
|sítio =
|issn =
|rodapé =
}}
<references group="nota"/>'''Nova Gente''' é uma revista de sociedade [[Portugal|portuguesa]]. É a mais antiga das revistas de sociedade em Portugal.
A revista foi fundada em 1976 por [[Jacques Rodrigues]] (do grupo [[Impala]] criado em 1983).
 
== Formato ==
A revista foi fundada em 1976 por [[Jacques Rodrigues]] (do grupo [[Impala]] criado em 1983). No final dos anos 80 atingia uma tiragem média por edição superior a 150 mil cópias, situando-se a tiragem anual acima dos oito milhões. Em 1995 conseguiu atingir tiragens semanais da ordem dos 180 mil, movimentando perto de 10 milhões de exemplares ao longo do ano. (1)
Embora acompanhe de perto a vida dos famosos, a NOVA GENTE não se resume a ser uma revista de sociedade. Ao folhear as suas páginas, depressa compreenderá que esta é uma publicação de horizontes alargados, onde se pretende ir, sempre, um pouco mais longe. Fique, então, com um pequeno exemplo do que poderá encontrar:
*Saúde e ciência; documentos detalhados sobre os temas que mais preocupam na actualidade;
*Política e sociedade;
*O quotidiano das casas reais europeias;
*Economia;
*Novidades sobre música, cinema e desporto;
*Sugestões de moda e beleza;
*Programação de televisão.
== Número de Vendas ==
A revista foi fundada em 1976 por [[Jacques Rodrigues]] (do grupo [[Impala]] criado em 1983). No final dos anos 80 atingia uma tiragem média por edição superior a 150 mil cópias, situando-se a tiragem anual acima dos oito milhões. Em 1995 conseguiu atingir tiragens semanais da ordem dos 180 mil, movimentando perto de 10 milhões de exemplares ao longo do ano. (1)
 
Aconteceu um ligeiro decréscimo devido ao aparecimento de magazines concorrentes como a «Caras», «VIP», «Lux» e «Flash!» que procuraram responder à enorme apetência do público pelas notícias «do social». (2)
 
De acordo com dados da Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação (APCT) referentes ao ano 2000, a «Nova Gente» era a líder de mercado com uma média de circulação de 165 mil cópias.
139

edições