Diferenças entre edições de "Número cardinal"

29 bytes adicionados ,  19h42min de 22 de junho de 2012
Refazer história
m (Removendo "<ref>[http://en.wikipedia.org/wiki/Cardinal_number]</ref>", pois já existe um interwiki "en:Cardinal number" mais abaixo. Acredito que foi inserido apenas para indicar que o texto da edição anterior também foi tradução do inglês)
(Refazer história)
 
O '''cardinal''' indica o [[número]] ou quantidade dos elementos constituintes de um [[conjunto]]. É interessante destacar que se diferencia do [[número ordinal|ordinal]], porque o ordinal introduz ordem e dá ideia de hierarquia: Primeiro, segundo, terceiro, etc.<ref>[http://www.priberam.pt/dlpo/default.aspx?pal=cardinais Priberam]</ref> O cardinal, por sua vez, nomeia o número de elementos constituintes e esse é o nome do conjunto correspondente. Para a nomenclatura destes números ver [[nomes dos números]].<ref>[http://www.baudoprofessor.com/pdf/areasdisciplinares/Matematica/Numeros%20Cardinais%20e%20Ordinais.pdf Números cardinais e ordinais]</ref>{{TOC}}
 
 
== História ==
{{revisão}}
{{sem-fontes}}
A noção de cardinalidade, como é compreendida hoje em dia, foi formulada por [[Georg Cantor]], o criador da [[teoria dos conjuntos]], em 1874-1884. Cantor foi o primeiro a estabelecer a cardinalidade como um instrumento para comparar conjuntos finitos; por exemplo, os conjuntos {1,2,3} e {2,3,4} não são iguais, mas têm a mesma cardinalidade: três.
 
497

edições