Diferenças entre edições de "Mercado Comum do Sul"

507 bytes removidos ,  00h09min de 30 de junho de 2012
"uma prova disso": inferência indevida da Wikipédia
(Venezuela será membro pleno(com fonte) e reversão de mudança nos pibs (traga fonte))
("uma prova disso": inferência indevida da Wikipédia)
Em [[2004]], entrou em vigor o [[Protocolo de Olivos]]<ref>{{citar web|url=http://www.mercosur.int/msweb/portal%20intermediario/Normas/Tratado%20e%20Protocolos/Protocolo%20Olivos_ES.pdf|titulo=Assinatura do Protocolo de Olivos com o objetivo de solucionar controvérsias e de minimizar as diferenças no Mercosul.|lingua=castelhano|acessodata=25 de abril de 2009}}</ref> ([[2002]]), que criou o [[Tribunal Arbitral Permanente de Revisão do Mercosul]], com sede na cidade de [[Assunção]] (Paraguai). Uma das fontes de insegurança jurídica nesse bloco de integração era a falta de um tribunal permanente.
 
Muitos [[sul-americano]]s veem o Mercosul como uma arma contra a influência dos [[Estados Unidos]] na região, tanto na forma da [[Área de Livre Comércio das Américas]] quanto na de tratados bilaterais. Uma prova disso é a criação da [[Universidade do Mercosul | Universidade Federal da Integração Latino-Americana ]], que vai priorizar a [[integração sul-americana|integração regional]] no modelo de [[educação]].<ref>{{citar web|url=http://www.sic.inep.gov.br/index.php?option=com_content&task=view&id=188&Itemid=28&lang=br|titulo=Itaipu pode ser sede da Universidade do Mercosul|lingua=português|acessodata=25 de abril de 2009|publicado=[http://www.sic.inep.gov.br Mercosul Educacional]}}</ref>
 
== História ==
10 136

edições